fbpx
NotíciasCinema

Super-Homem negro será inspirado pelo presidente Obama

A notícia de que J.J. Abrams está reiniciando Super-Homem para a Warner Bros., que estourou no final de fevereiro, continuou a ser uma grande fonte de fascínio para os fãs, com vários relatórios nos últimos meses que podem revelar mais sobre o que o ex-diretor de Star Wars planejou para o Homem de Aço.

Uma coisa que parece bastante certa a esta altura é que o filme não será estrelado por Clark Kent, mas apresentará uma versão afro-americana do Big Blue Boy Scout. Uma sugestão comum para quem pode ser é Calvin Ellis, o Superman da Terra-23.

Nos quadrinhos, e de acordo com o scooper Mikey Sutton da Geekosity, é exatamente esse o filme de Abrams que vai estrelar.

Sutton afirma que WB pode fazer com que o diretor comande uma reinicialização da Liga da Justiça também, e se ele o fizer, seu filme Supes lançará as sementes para isso.

Em seu relatório sobre isso, Sutton também reafirma que o principal candidato à escolha de protagonista de Abrams é Ellis, que os leitores de quadrinhos saberão que foi inspirado por Barack Obama.

Advertisement

Fonte: We Got This Covered

Confira: Warner Bros. quer Oscar Isaac como Constantine na HBO Max

About author
Amante do cinema em geral, grande fã de James Bond, e estudante.
Articles
    Relacionados:
    NotíciasCinema

    Paramount Pictures adia estreia de Clifford por tempo indeterminado

    1 Mins read
    A decisão se deu por conta da nova onda de COVID-19 que atinge o planeta. Segundo informações do Deadline, a estreia do…
    CríticasCinema

    Crítica | Tempo - Mais uma obra inovadora de Shyamalan

    3 Mins read
    M. Night Shyamalan está de volta às telonas com mais um filme bizarro e inovador, fruto de algo que poderia sair apenas de sua mente. Tempo nos brinda com uma ótima direção e sinceridade do diretor em se manter fiel ao seu histórico.
    NotíciasCinema

    Cruella | Depois de Scarlett Johansson, Emma Stone pode processar a Disney pelo mesmo motivo

    1 Mins read
    “Cruella” teve a mesma estratégia de lançamento que “Viúva Negra”: cinemas e streaming.