fbpx
CinemaNotícias

Peaky Blinders| Conheça a história real e as diferenças da série

Peaky Blinders se tornou um dos maiores fenômenos da TV, assim como toda série conhecida o sucesso gigantesco acontece depois de uma boa quantidade de temporadas.

Como aconteceu com Breaking BadSons of AnarchyMad MenVikingsSopranosSix Feet Under e agora com Peaky Blinders, que se tornou uma série bem famosa na Netflix, e recentemente encerrou sua quinta temporada e já se prepara para a sexta.

Com todo o sucesso que a série vem fazendo , é muito comum que fãscomecem também a procurar mais a respeito do seu enredo baseado em fatos reais. Peaky Blinders é inspirado em uma gangue real que aos poucos tomou o controle da cidade de Birmingham.

FATOS REAIS

Os Peaky Blinders eram uma organização criminosa, originalmente de Birmingham, Inglaterra, que operava no território das Midlands Ocidentais, desde o final do século XIX até aos anos 30 do século XX. O grupo era liderado por Thomas Gilbert, que nasceu das duras privações econômicas da classe trabalhadora britânica, era composto em grande parte por jovens desempregados que rapidamente obtiveram poder social e influência política através de roubos, fraudes, contrabandos, sequestros e outras atividades ilícitas como a manipulação de corridas de cavalos e apostas. Os membros deste grupo usavam a roupa como forma de identificação, que incluía casacos personalizados e feitos à medida, sobretudos com lapela, coletes abotoados, lenços de seda, calças boca de sino, botas de couro e boinas, e funcionavam com um sistema de hierarquia próprio.

Sem ver outras alternativas além de desafiar o sistema britânico, a gangues foi surgindo aos poucos e intitulada de Peaky Blinders, Para despistar as autoridades, Kevin Mooney constantemente mudava o seu nome real e inventava pseudônimos, sendo um deles o de Thomas Gilbert, que possivelmente inspirou a criação de “Thomas Shelby”.

Advertisement

 O poder dos Blinders começou a surgir após a disputa pelo território de Birmingham e de outros distritos vizinhos, concretizando o seu domínio quando derrotaram vários grupos rivais, como os “Sloggers”.

AS DIFERENÇAS NA SÉRIE

Por mais que eles pareçam tão insuperáveis e imponentes, na vida real os Peaky Blinders foram dominados por outra gangue. Em 1910 uma gangue maior, os Birmingham Boys, liderados por Billy Kimber, os dominou, inclusive a gangue inimiga chega a aparecer na série. Os Peaky ficaram no poder por duas décadas até que, depois de perderem o posto, desapareceram da cidade por completo de maneira misteriosa. 

Na vida real os Peaky Blinders costumavam cometer crimes menores na maioria das vezes, como roubos de bicicletas, assaltos a lojas e furtos. A maioria das vezes eles iam parar nas prisões regionais e eram conhecidos pelas autoridades locais como jovens rebeldes, mas a causa da gangue nunca era entendida ou desvendada.

Agora, resta esperar e ver se a sexta temporada deverá retratar os fatos que ainda não ocorreram na série de alguma maneira.

Confira: Ator da Netflix indica reviravolta chocante em Quem Matou Sara?

Advertisement

About author
Amante do cinema em geral, grande fã de James Bond, e estudante.
Articles
Relacionados:
NotíciasCinema

Halloween Ends | 3° e último filme da nova trilogia ganha trailer

1 Mins read
Na última terça-feira (19), a produtora Blumhouse lançou o primeiro trailer de Halloween Ends, o último filme da trilogia escrita e dirigida por David Gordon Green. Confira:
NotíciasSéries

Emmy 2022 | Conheça os indicados à principal categoria da noite

2 Mins read
Os indicados ao Emmy 2022 foram revelados na última terça-feira (12) com um recorde no número de indicados à categoria de Melhor Série de Drama (a mais importante da noite). Confira agora onde assistir a cada uma delas e do que elas se tratam:
NotíciasCinema

Thor: Amor e Trovão | Filme é boicotado por cenas LGBTQIA+

1 Mins read
Apesar de ser o líder na bilheteria mundial pelo segundo final de semana consecutivo, Thor: Amor e Trovão está sendo boicotado pelo grupo cristão americano One Million Moms por “cenas de conteúdo LGBTQIA+ explícito”. O texto do grupo cita “a tensão romântica gay entre o Deus do Trovão e o Senhor das Estrelas”, “a deusa bissexual Valquíria” e o “gênero neutro” do personagem Axl.