fbpx
NotíciasCinema

Jurado cristão e conservador do Oscar se recusa a assistir filme sobre aborto

Nesta ultima semana, por meio de uma postagem de Eliza Hittman (diretora de “Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre“) o Oscar e um de seus jurados entraram numa complicada polêmica. Kieth Merrill, jurado e vencedor do Oscar, mandou um e-mail à diretora, se colocando como um pai de família cristão e se recusando a assistir seu filme.

Segundo o mesmo, a obra trata do Aborto de uma maneira distorcida e por isso, não merece ser assistido, convidando à diretora a pensar no assunto. Na trama de “Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre“, uma adolescente de um pequeno condado rural da Pensilvânia descobre estar grávida e procura assistência médica em Nova York, com a ajuda da prima.

Oscar
” Focus Features”

Recebi o filme, mas como cristão, pai de 8 filhos e avô de 39 netos E ativista pró-vida, eu tenho ZERO interesse em assistir a uma mulher cruzando fronteiras para alguém assassinar seu filho. E continua: “75 milhões de nós enxergamos o aborto como a atrocidade que é. Não tem nada heroico sobre uma mãe se esforçando tanto para matar seu filho. Pense nisso!“, escreveu Merrill.

Conforme a temporada de premiações se aproxima, tenho noção de que o filme ainda tem chances de ser um verdadeiro concorrente”. Recebi este e-mail ontem à noite e foi um lembrete duro de que a Academia ainda é infelizmente monopolizada por uma guarda velha, branca e puritana. Me pergunto quantos outros jurados não vão assistir ao filme...”, escreveu Hitman.

Posteriormente, a diretora acabou deletando a postagem e seus comentários, fazendo com que a Academia de Artes Cinematográficas emitisse um comunicado oficial à Variety, afirmando que nem todos os filmes pré-selecionados devem ser vistos pelos seus membros. O nome de Hitman, contudo, não foi mencionado.

Advertisement

Veja também: Uncharted | Tom Holland não gostou de sua atuação: “Foi um erro, nunca mais vou fazer isso”

Fonte: UOL

About author
Estudante, fã de faroestes e musicais, aficionado por "Família Soprano" e 007, entre outras coisas boas da vida.
Articles
    Relacionados:
    CríticasCinema

    Crítica | Ron Bugado - Uma mensagem necessária no momento certo

    4 Mins read
    Ron Bugado conta a história do jovem Barney, um menino de onze anos que tem dificuldade de fazer novos amigos, e seu companheiro Ron, uma inteligência artificial de alta tecnologia que anda, fala e é o “melhor amigo fora da caixa” de Barney. Mas quando Ron começa a ter seu funcionamento comprometido, os dois saem em uma aventura repleta de ação, onde a amizade entre os dois se mostra verdadeira.
    CríticasCinema

    Crítica | Duna - Um grande épico em um ano razoável

    4 Mins read
    Com a retomada dos cinemas em meio a uma pandemia global, estreias sem muito peso e outras decepcionantes, Duna se consagra como o grande épico de 2021, com grandes chances de deixar filmes com maior apelo popular para trás nas bilheterias.
    NotíciasSéries

    Ruby Rose denuncia ambiente hostil no set de Batwoman

    2 Mins read
    A atriz usou seu Instagram para explicar aos fãs o motivo de ter saído da série da CW.  A atriz Ruby Rose…