fbpx
NotíciasCinema

Oscar 2022 | Steven Spielberg se torna o 1º diretor a ser indicado em 6 décadas diferentes

Premiação mais aguardada do cinema acontece em março

O lendário diretor norte-americano entrou mais uma vez para a história do cinema após as suas indicações ao Oscar 2022 com o seu mais recente trabalho, Amor, Sublime, Amor. Spielberg se tornou o único a ser indicado à premiação em seis décadas diferentes. A primeira indicação dele como Melhor Diretor veio em 1978, com “Contatos Imediatos do Terceiro Grau”.

Desde então, tivemos indicações de Spielberg pelo menos uma vez no período de dez anos: “Os Caçadores da Arca Perdida” e “ET: O Extraterrestre” na década de 1980, “A Lista de Schindler” e “O Resgate do Soldado Ryan” na década de 1990, “Munique” na década de 2000, “Lincoln” na década de 2010, e agora Amor, Sublime, Amor na década de 2020.

Além disso, agora Spielberg também é a única pessoa na história a receber 11 indicações na categoria principal da Academia — Melhor Filme. A conquista coloca Spielberg acima de Scott Rudin, que acumula nove, e da parceira de produção de longa data do diretor, Kathleen Kennedy, que tem oito.

O Oscar 2022 acontece no dia 27 de março de 2022.

Confira o trailer de Amor, Sublime, Amor:

Leia também:

Advertisement

Fonte: UOL

Relacionados:
CríticasCinema

Crítica | Doutor Estranho no Multiverso da Loucura acerta em alguns pontos mas ressalta os erros da fase 4

4 Mins read
Doutor Estranho no Multiverso da Loucura finalmente está chegando aos cinemas mas assim como muitas das produções dessa fase 4 do UCM deve dividir opiniões.
NotíciasCinema

MUBI | Streaming revela as principais estreias do mês de maio; confira!

3 Mins read
Foco em Cannes e especiais dedicados a Joachim Trier e Joseph Losey; a estreia do filme de Kiyoshi Kurosawa, A Mulher de um Espião, e o lançamento exclusivo de Great Freedom
CríticasCinema

Crítica | Boneca Russa (2ª Temporada) - série mantém a qualidade inserindo viagens no tempo no caótico cotidiano de Nadia e Alan

3 Mins read
Passados quatro anos dos acontecimentos surreais vividos por Nadia ( Natasha Lyonne) e Alan ( Charlie Barnett) na 1ª temporada de Boneca Russa, a dupla já conseguiu fugir do constante ciclo de mortalidade que enfrentava diariamente. Mas se eles achavam que já estavam livres das artimanhas do Universo, acabaram descobrindo que era só o começo de mais uma jornada, agora com viagens no tempo via transporte público( o sonho de todos nós?), reencontro com situações vividas por seus antepassados, questões existenciais e históricas, rendendo para Boneca Russa atuações impecáveis e uma nova e sensacional trilha sonora presente também nesta 2ª temporada.