fbpx
NotíciasCinema

Nicolas Cage diz que nunca irá se aposentar das telas de cinema

Em entrevista recente, o ator contou que se sente bem atuando e não vê motivos para interromper a carreira. 

Quem gosta de ver Nicolas Cage dando as caras nas telas de cinema pode ficar despreocupado. Em entrevista recente ao Entertainment Weekly, o ator disse que jamais irá se aposentar. Ele ainda foi categórico ao responder, afirmando que: “Não, não, não. Não, não. Isso não pode acontecer”. 

O astro de Hollywood já conta com mais de 100 em seu currículo e pretende aumentar essa lista. Sua produção mais recente é “Pig”, dirigida por Michael Sarnosk, que ainda não tem data de estreia no Brasil. 

Nicolas Cage

Quando foi questionado sobre interromper sua carreira, Nicolas Cage afirmou que não vê motivos para isso. O ator contou que se sente muito bem atuando e, por isso, não deve deixar sua carreira tão cedo. 

“Fazer o que eu faço faz do cinema o meu anjo da guarda, eu preciso disso. Fico mais saudável quando estou trabalhando. Eu preciso de lugares positivos para expressar as minhas experiências de vida e fazer cinema me permite isso. Então jamais vou me aposentar. Quantos eu já fiz até agora? 117 filmes?”., afirma o ator. 

Sua lista de produções é bastante extensa, passando por sucessos como “Cidades dos Anjos” e “Motoqueiro Fantasma”. O ator além de ser bastante conhecido, também é muito criticado por um público que afirma não gostar de nada em seu trabalho. Contudo, o artista parece estar bem com as opiniões negativas e entende que continuar nas telas é algo saudável para si mesmo. 

Advertisement

“O que acho engraçado, o meu argumento para pessoas que dizem que trabalho demais, digo que gosto de trabalhar, é saudável, sou feliz trabalhando e caras como o James Cagney e o Humphrey Bogart fizeram mais de 100 filmes. Aí penso, melhor checar os meus número e… Oops”.

Pig 

Nicolas Cage Pig
Foto: Divulgação

Seu mais novo filme “Pig” é um drama que relata a história de um caçador de trufas que vive sozinho na região selvagem do Oregon. O personagem vivido por Nicolas Cage, então, decide voltar para Portland em busca de sua porca de estimação, após ela ter sido sequestrada. O filme conta com a presença de  Alex Wolff e Adam Arkin. 

O longa foi lançado em julho nos Estados Unidos e rendeu boas críticas, talvez as melhores da carreira de Nicolas Cage. “Pig” tem 97% de aprovação no Rotten Tomatoes e pode receber uma indicação ao Oscar de melhor ator. Confira o trailer:

About author
Estudante de jornalismo, apaixonada pelo cinema e defensora das produções nacionais. Experiência em produção de conteúdo e análise de SEO.
Articles
Relacionados:
CríticasCinema

Crítica | Doutor Estranho no Multiverso da Loucura acerta em alguns pontos mas ressalta os erros da fase 4

4 Mins read
Doutor Estranho no Multiverso da Loucura finalmente está chegando aos cinemas mas assim como muitas das produções dessa fase 4 do UCM deve dividir opiniões.
NotíciasCinema

MUBI | Streaming revela as principais estreias do mês de maio; confira!

3 Mins read
Foco em Cannes e especiais dedicados a Joachim Trier e Joseph Losey; a estreia do filme de Kiyoshi Kurosawa, A Mulher de um Espião, e o lançamento exclusivo de Great Freedom
CríticasCinema

Crítica | Boneca Russa (2ª Temporada) - série mantém a qualidade inserindo viagens no tempo no caótico cotidiano de Nadia e Alan

3 Mins read
Passados quatro anos dos acontecimentos surreais vividos por Nadia ( Natasha Lyonne) e Alan ( Charlie Barnett) na 1ª temporada de Boneca Russa, a dupla já conseguiu fugir do constante ciclo de mortalidade que enfrentava diariamente. Mas se eles achavam que já estavam livres das artimanhas do Universo, acabaram descobrindo que era só o começo de mais uma jornada, agora com viagens no tempo via transporte público( o sonho de todos nós?), reencontro com situações vividas por seus antepassados, questões existenciais e históricas, rendendo para Boneca Russa atuações impecáveis e uma nova e sensacional trilha sonora presente também nesta 2ª temporada.