Notícias

Morre Carlos Marques, dublador que deu voz ao Patolino, Garfield e Gaguinho

O meio artístico da dublagem acaba de perder mais uma voz: Carlos Marques. Conhecido por trabalhos nas décadas de 70, 80 e 90, ele faleceu na última segunda-feira (19).

Carlos Marques foi o dono de uma das vozes que abraçou uma geração de crianças e adultos nas manhãs animadas da Globo e SBT, ao dar vida a icônicos personagens de desenhos, séries e filmes. Com 88 anos de idade e 60 anos trabalhando como dublador, ele faleceu na segunda-feira (19). A morte da causa não foi revelada pelos familiares.

Carlos Marques
Carlos Marques

A carreira de Carlos Marques:

Iniciando sua jornada em 1958, acumulando mais de 60 anos de carreira, Carlos Marques emprestou seu dom para dublar personagens na extinta empresa Herbert Richers. Ele também atuou na CineCastro, Dublasom Guanabara e TV CineSom. Em 2018, ele se afastou do meio da dublagem. Dentre seus principais trabalhos estão Patolino, Hortelino e Gaguinho, das clássicas animações dos Looney Tunes. Ele também deu voz ao Homem-Aranha da clássica animação dos anos 60, Garfield e Pingo (She-Ha). Além do dublar os astros Martin Short e Ryan O’Neal.

O canal do Youtube, Elton Brasil TV, compartilhou um vídeo relembrando os trabalhos que marcaram a carreira do dublador. Assista AQUI.

Fonte: Dublagem Brasileira.

Veja também: Oscar 2021 | Meu Pai — Qual é o propósito de uma Montagem “caótica”?

Advertisement

About author
Me chamo Mayko Martins. Formado em Publicidade e Propaganda, sou apaixonado por cinema, apesar de nunca ganhar o "Bolão do Oscar"! Estou “preso” a muitas séries e não consigo terminá-las, culpa da Shonda Rhimes – criadora de How To Get Away With Murder – me obrigando a rever sua série várias e várias vezes. Ah, quase esqueci, eu amo escrever! Por isso sou autor da obra "Fruto Podre": uma fantasia distópica publicada nas Terras do Wattpad.
Articles
Relacionados:
CinemaNotícias

Lady Killer | Blake Lively viverá a assassina em adaptação feita pela Netflix

1 Mins read
A Netflix não para! Sua próxima versão audiovisual de uma história nascida nos quadrinhos será “Lady Killer”.
NotíciasCinema

Glenn Close comenta o desejo de atuar, outra vez, como Cruella

1 Mins read
Glenn Close é uma das artistas mais celebradas. Sua parceria com a Disney, na década de 90, deu a ela um dos papéis mais lembrados de sua carreira: a assustadora e bizarra Cruella de Vil.
NotíciasGamesSéries

Bloodborne | Site americano aponta que o jogo ganhará série na HBO!

1 Mins read
O combo Sony e HBO parece que está gerando bons frutos. Agora, rumores apontam que “Bloodborne”, um dos jogos mais aclamados da empresa, ganhará uma adaptação em série.