fbpx
NotíciasCinema

Matt Damon revela o motivo de ter se emocionado na exibição de “Stillwater”

Ator chorou quando seu novo lançamento foi exibido durante o Festival de Cannes este ano.

Em entrevista a Variety, Matt Damon revelou o por quê de ter chorado quando seu novo filme “Stillwater” foi exibido em Cannes este ano. O ator explicou, então, que se emocionou por estar de volta ao cinema e ver o longa ser assistido coletivamente, experiência que foi suspensa temporariamente por conta da pandemia da COVID-19, para evitar aglomerações. 

“Há algo lindo e valioso [na experiência coletiva do cinema]. Eu transbordei no momento, porque não ia ao cinema há dois anos. (…)  Eu estava feliz, fiquei muito mexido com tudo isso”, contou Damon na entrevista.

No festival, vários filmes foram exibidos de forma tradicional com público, como nos cinemas. 

Stillwater

O novo filme de Damon, narra a história de um operário petrolífero, que mora em Oklahoma. O personagem principal tem que viajar para a França para visitar sua filha Allison (Abigail Breslin), que está detida por ter assassinado sua namorada. Contudo, a jovem afirma ter sido presa erroneamente. 

O longa conta com a direção de Tom McCarthy (Timmy Fiasco) e ainda não tem previsão de estreia nos cinemas brasileiros. Confira o trailer do filme:

Advertisement

About author
Estudante de jornalismo, apaixonada pelo cinema e defensora das produções nacionais. Experiência em produção de conteúdo e análise de SEO.
Articles
Relacionados:
CríticasCinema

Crítica | Doutor Estranho no Multiverso da Loucura acerta em alguns pontos mas ressalta os erros da fase 4

4 Mins read
Doutor Estranho no Multiverso da Loucura finalmente está chegando aos cinemas mas assim como muitas das produções dessa fase 4 do UCM deve dividir opiniões.
NotíciasCinema

MUBI | Streaming revela as principais estreias do mês de maio; confira!

3 Mins read
Foco em Cannes e especiais dedicados a Joachim Trier e Joseph Losey; a estreia do filme de Kiyoshi Kurosawa, A Mulher de um Espião, e o lançamento exclusivo de Great Freedom
CríticasCinema

Crítica | Boneca Russa (2ª Temporada) - série mantém a qualidade inserindo viagens no tempo no caótico cotidiano de Nadia e Alan

3 Mins read
Passados quatro anos dos acontecimentos surreais vividos por Nadia ( Natasha Lyonne) e Alan ( Charlie Barnett) na 1ª temporada de Boneca Russa, a dupla já conseguiu fugir do constante ciclo de mortalidade que enfrentava diariamente. Mas se eles achavam que já estavam livres das artimanhas do Universo, acabaram descobrindo que era só o começo de mais uma jornada, agora com viagens no tempo via transporte público( o sonho de todos nós?), reencontro com situações vividas por seus antepassados, questões existenciais e históricas, rendendo para Boneca Russa atuações impecáveis e uma nova e sensacional trilha sonora presente também nesta 2ª temporada.