fbpx
NotíciasCinemaSéries

Mais Brasil na Tela | Saiba tudo que rolou no evento da Netflix

A plataforma de streaming revelou diversas novidades que vão entrar no catálogo em 2022. 

Na manhã desta terça-feira (23), a Netflix promoveu o evento “Mais Brasil na Tela”, que convocou vários produtores da plataforma para falar sobre as produções nacionais da empresa. Durante o papo, presidido pela atriz Naruna Costa, várias novidades foram reveladas, como o lançamento de filmes, séries e renovação de produções do streaming. Além disso, um debate sobre a importância da representatividade dentro e fora das telas foi levantado, juntamente com a discussão sobre a necessidade de focar e investir nas produções de audiovisual brasileiras.

Os convidados, os executivos criativos da Netflix, Elisabetta Zenatti, Adrien Muselet, Haná Vaisman, Daniela Vieira e Elisa Chalfon, revelaram que vários filmes, séries e realities nacionais vão estrear na plataforma em 2022. Os produtores também afirmaram o desejo de ter cada vez mais diversidade tanto no elenco quanto nos bastidores das produções.  

Representatividade

Mais Brasil na Tela
Irmandade (Foto: Netflix)

Um ponto importante para a conversa durante o evento foi a representatividade. Os produtores levantaram o debate e afirmaram que o audiovisual ainda precisa focar nessa questão, é necessário criar narrativas com as quais o público possa se identificar. Não apenas o público de classe média branca, mas também a população negra e quem vive nas periferias. 

Dani Vieira apontou também que é preciso que mais pessoas negras trabalhem na Netflix, em cargos da produção. A produtora ainda afirmou que não há mais espaço para exclusão, e, caso seja necessário, as empresas devem capacitar seus funcionários para trazer mais diversidade ao ambiente de trabalho. 

Brasileirices | Mais Brasil na Tela

Mais Brasil na Tela
Sintonia (Foto: Netflix)

O evento “Mais Brasil na Tela” trouxe o debate de se valorizar e focar mais nas produções nacionais. Mas um ponto importante discutido foi que o Brasil é um país continental, ou seja, tem inúmeras culturas diferentes dentro do mesmo território. Por isso, o desafio da Netflix é tentar mostrar uma parte de cada região e da cultura de cada população que reside no local. É preciso fugir do único foco do eixo sudeste, principalmente Rio-São Paulo e explorar outros lugares do Brasil, como Norte e Nordeste. Como afirmou Naruna Costa durante o evento, é necessário conhecer os “muitos Brasis” que existem. 

Advertisement

Segundo a convidada Elisa Chalfon trazer costumes, falas, culturas e hábitos tipicamente brasileiros aproxima e conecta o público à produção que está sendo feita, que o principal objetivo da plataforma. 

Novidades na plataforma | Mais Brasil na Tela

Segundo o que foi dito no “Mais Brasil na Tela”, a Netflix vai investir pesado nas produções nacionais para 2022. Foi revelado que o primeiro filme de ação brasileiro da plataforma “Carga Máxima” será lançado. O longa vai ser sobre corrida automobilística e estrelado pelo ator Thiago Martins. 

Uma série animada sobre “O Menino Maluquinho” também vai entrar na tela no próximo ano. Leandro Hassum vai estrelar o filme Vizinhos na Netflix. Além disso, um especial de comédia de Whindersson Nunes e uma sitcom protagonizada por Rodrigo Sant’anna, chamada “A Sogra que Te Pariu” engrossarão o catálogo. As séries “Sintonia” e “Irmandade” tiveram novas temporadas confirmadas. 

Os realities shows “Brincando com Fogo Brasil” e “Casamento às cegas Brasil” já foram renovados para a segunda temporada. E novos programas do gênero serão lançados, são eles “Ideias à venda”, apresentado por Eliana e ““Iron Chef Brasil”, chefiado por Fernanda Souza. A série “Queer Eye” também vai ganhar uma versão brasileira. 

Mais Brasil na Tela
Foto: Netflix

Novelas | Mais Brasil na Tela

Foi questionado se a Netflix investiria em novelas no futuro, ao que  Elisabetta Zenatti, nova chefe de conteúdo do streaming, respondeu que produções com elementos das telenovelas aparecerão. Mas não no formato tradicional que o brasileiro já conhece das emissoras abertas. 

Advertisement

“Estamos com duas séries: Olhar Indiscreto e Só se For por Amor. Ambas já têm elementos de novela, romance e melodrama. Já flertam com as novelas. É assim, que estamos desenvolvendo os novos títulos. São mais próximas, mas não serão novelas clássicas”, explica.

About author
Estudante de jornalismo, apaixonada pelo cinema e defensora das produções nacionais. Experiência em produção de conteúdo e análise de SEO.
Articles
Relacionados:
CríticasCinema

Crítica | Doutor Estranho no Multiverso da Loucura acerta em alguns pontos mas ressalta os erros da fase 4

4 Mins read
Doutor Estranho no Multiverso da Loucura finalmente está chegando aos cinemas mas assim como muitas das produções dessa fase 4 do UCM deve dividir opiniões.
NotíciasCinema

MUBI | Streaming revela as principais estreias do mês de maio; confira!

3 Mins read
Foco em Cannes e especiais dedicados a Joachim Trier e Joseph Losey; a estreia do filme de Kiyoshi Kurosawa, A Mulher de um Espião, e o lançamento exclusivo de Great Freedom
CríticasCinema

Crítica | Boneca Russa (2ª Temporada) - série mantém a qualidade inserindo viagens no tempo no caótico cotidiano de Nadia e Alan

3 Mins read
Passados quatro anos dos acontecimentos surreais vividos por Nadia ( Natasha Lyonne) e Alan ( Charlie Barnett) na 1ª temporada de Boneca Russa, a dupla já conseguiu fugir do constante ciclo de mortalidade que enfrentava diariamente. Mas se eles achavam que já estavam livres das artimanhas do Universo, acabaram descobrindo que era só o começo de mais uma jornada, agora com viagens no tempo via transporte público( o sonho de todos nós?), reencontro com situações vividas por seus antepassados, questões existenciais e históricas, rendendo para Boneca Russa atuações impecáveis e uma nova e sensacional trilha sonora presente também nesta 2ª temporada.