fbpx
NotíciasSéries

Homem que pirateava mangás é sentenciado a 3 anos de prisão e multado em 500 mil euros

Um homem de 29 anos foi condenado na quarta-feira a três anos de prisão por operar um site de mangás ilegal que permitia às pessoas ler cópias piratas de quadrinhos populares como “One Piece”.

O Tribunal Distrital de Fukuoka considerou Romi Hoshino culpado de violação de direitos autorais por administrar o site Manga-Mura, que se acredita ter causado perdas à indústria de mangá de mais de ¥ 300 bilhões, impondo uma multa de ¥ 10 milhões.

O juiz presidente Hiroshi Kambara também ordenou o confisco de cerca de ¥ 62 milhões em produtos do crime que Hoshino havia escondido em contas bancárias no exterior.

Os promotores solicitaram 54 meses de prisão e uma multa de ¥ 10 milhões, juntamente com o confisco dos produtos do crime, que foram ganhos por meio de anúncios online no site.

Pedindo uma pena suspensa, a equipe de defesa de Hoshino argumentou durante o julgamento que suas ações não constituíam um crime porque alguns dos arquivos de mangá carregados em Manga-Mura já podiam ser visualizados em outros sites.

Advertisement

Hoshino foi detido nas Filipinas após ter sido listado em uma lista internacional de procurados e foi deportado para o Japão em setembro de 2019. Ele havia entrado nas Filipinas em maio do ano anterior.

Fonte: Jovem Nerd

Confira: Artes imaginam The Last of Us, Resident Evil e mais jogos como capas de HQ; veja o resultado

About author
Amante do cinema em geral, grande fã de James Bond, e estudante.
Articles
Relacionados:
NotíciasSéries

Emmy 2022 | Conheça os indicados à principal categoria da noite

2 Mins read
Os indicados ao Emmy 2022 foram revelados na última terça-feira (12) com um recorde no número de indicados à categoria de Melhor Série de Drama (a mais importante da noite). Confira agora onde assistir a cada uma delas e do que elas se tratam:
NotíciasCinema

Thor: Amor e Trovão | Filme é boicotado por cenas LGBTQIA+

1 Mins read
Apesar de ser o líder na bilheteria mundial pelo segundo final de semana consecutivo, Thor: Amor e Trovão está sendo boicotado pelo grupo cristão americano One Million Moms por “cenas de conteúdo LGBTQIA+ explícito”. O texto do grupo cita “a tensão romântica gay entre o Deus do Trovão e o Senhor das Estrelas”, “a deusa bissexual Valquíria” e o “gênero neutro” do personagem Axl.
NotíciasCinema

Lilo & Stitch | Live-action é confirmado e já tem diretor

1 Mins read
Segundo o Deadline, o já confimado pela Disney filme live-action da animação Lilo & Stitch (2002) já ganhou seu diretor e se trata de Dean Fleischer-Camp (Marcel The Shell With Shoes On). Porém, ainda não há maiores informações sobre a produção, como uma data de estreia ou se ela será lançada nos cinemas ou direto no Disney+.