fbpx
NotíciasSéries

História de Daniella Perez vai virar série da HBO Max

O assassinato da filha de Glória Perez vai se tornar uma produção e deve chegar à plataforma em 2022. 

A trágica história do assassinato de Daniella Perez vai virar uma série do HBO Max. A produção terá direção de Tatiana Issa e Guto Barra, além de contar com depoimentos da mãe da atriz, a diretora Glória Perez, e de amigos. Daniella foi assassinada por Guilherme Pádua em 1992 no Rio de Janeiro, Pádua era seu parceiro na novela De corpo e alma (1992), na época. A série tem previsão de estreia para o próximo ano.

As informações são da colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo

Entenda o caso

Daniella Perez
Daniella Perez ao lado de Guilherme de Pádua (foto: Divulgação/YouTube/Jaqueline Guerreiro)

A atriz foi morta no dia 28 de dezembro de 1992 por Guilherme Pádua à tesouradas. Paula Thomaz, esposa do ator, foi cúmplice do crime. O motivo do assassinato  teria sido a redução do tempo de tela de Pádua na novela na qual atuava ao lado de Daniella. O casal foi condenado à prisão, porém ambos foram soltos em 1999. 

Em 2016, Glória e Raul Gazolla, ex-marido de Daniella, ganharam um processo por danos morais contra Guilherme e Paula. Eles tiveram de pagar 500 salários mínimos cada (cerca de R$ 480 mil na época). O casal também teve de bancar as despesas do sepultamento e funeral de Daniela, além das custas processuais e honorários dos advogados. 

Advertisement

About author
Estudante de jornalismo, apaixonada pelo cinema e defensora das produções nacionais. Experiência em produção de conteúdo e análise de SEO.
Articles
Relacionados:
NotíciasSéries

Emmy 2022 | Conheça os indicados à principal categoria da noite

2 Mins read
Os indicados ao Emmy 2022 foram revelados na última terça-feira (12) com um recorde no número de indicados à categoria de Melhor Série de Drama (a mais importante da noite). Confira agora onde assistir a cada uma delas e do que elas se tratam:
NotíciasCinema

Thor: Amor e Trovão | Filme é boicotado por cenas LGBTQIA+

1 Mins read
Apesar de ser o líder na bilheteria mundial pelo segundo final de semana consecutivo, Thor: Amor e Trovão está sendo boicotado pelo grupo cristão americano One Million Moms por “cenas de conteúdo LGBTQIA+ explícito”. O texto do grupo cita “a tensão romântica gay entre o Deus do Trovão e o Senhor das Estrelas”, “a deusa bissexual Valquíria” e o “gênero neutro” do personagem Axl.
NotíciasCinema

Lilo & Stitch | Live-action é confirmado e já tem diretor

1 Mins read
Segundo o Deadline, o já confimado pela Disney filme live-action da animação Lilo & Stitch (2002) já ganhou seu diretor e se trata de Dean Fleischer-Camp (Marcel The Shell With Shoes On). Porém, ainda não há maiores informações sobre a produção, como uma data de estreia ou se ela será lançada nos cinemas ou direto no Disney+.