CinemaCuriosidades

Grandes atores não salvam histórias ruins

Algumas vezes o plot é confuso, tem muitas pontas soltas ou simplesmente não funciona. Nessas situações, algumas coisas podem se destacar, como os efeitos especiais, a caracterização dos personagens ou os próprios atores. Contudo, isso não é suficiente para tornar aquela história boa de fato. Principalmente quando se trata de atores e atrizes, tal atribuição é impossível de ser feita. O enredo pode ter um enorme potencial, mas se ele não for bem aproveitado, ou não expressar sentido na tomada de suas ações, será um desperdício.

Atualmente, tem se tornado frequente que diversos filmes sejam feitos por uma só produtora ao longo do ano. O conceito de universos compartilhados e grandes franquias se espalhou, com vários lançamentos que chamam a atenção do público geral. Dessa forma, algumas produções decaíram sua qualidade, gêneros estão se saturando e a criatividade permanece escassa, dificultando a existência de boas histórias. Até mesmo as adaptações, sejam de livros ou de jogos eletrônicos, sofrem por um roteiro que não foi bem orquestrado.

Quando uma trama não é bem conduzida, seja ela por qualquer motivo, bons atores costumam se destacar em seus papéis. Entretanto, isso não é o suficiente para que a história seja bem contada. Além disso, um enredo de má qualidade pode prejudicar a atuação de atores consagrados. São incontáveis os casos nos quais um renomado elenco sofreu com o plot de seus personagens. Um desses casos é o do elenco de Esquadrão Suicida.

Grandes atores não salvam histórias ruins
Esquadrão Suicida/DC/Warner

Jared Leto, Margot Robbie, Viola Davis, Will Smith…quem diria que um elenco desses participaria de um filme com uma história tão rasa? Tudo bem, é uma adaptação dos quadrinhos, mas nem nisso Esquadrão Suicida consegue se destacar. Esses atores conseguiram manter seu bom nível de atuação em meio ao caos, contudo, isso não bastou para salvar o filme da chuva de críticas recebidas após seu lançamento. Até mesmo o recém ganhador de Oscar na época, Jared Leto, dividiu opiniões sobre sua versão do vilão Coringa no filme.

Larry Crowne – O Amor Está de Volta

Outro longa que não te prende e desperdiça seu elenco é Larry Crowne – O Amor Está de Volta. Uma dupla tão importante quanto Tom Hanks e Julia Roberts (sendo Hanks o diretor do filme) poderia se enquadrar em um longa tão ruim? O filme em si é extremamente fraco, com momentos desconexos e sem verossimilhança alguma. O fracasso de sua história clichê e simplista foi visto na bilheteria, que mesmo com nomes tão fortes no elenco, foi baixíssima.

Advertisement

Então, não é difícil perceber que uma produção dá certo (na maioria das vezes) quando há um conjunto em harmonia. Os personagens podem se destacar, os dialógos podem ser convincentes, mas se o ”pano de fundo” da história estiver furado, não existe ator que consiga remendar o seu ”buraco”.

About author
Cinéfilo, fã de filmes de suspense e drama, aficionado por videogames e entretenimento.
Articles
    Relacionados:
    Curiosidades

    Fall Guys supera 2 milhões de vendas na Steam

    1 Mins read
    Foi anunciado que o game “Fall Guys: Ultimate Knockout“, nova sensação do momento, superou a marca de 2 milhões de vendas na…
    NotíciasCinema

    The Rock é o ator mais bem pago de 2020

    1 Mins read
    Nesta quarta (12), a Forbes divulgou a lista dos atores mais bem pagos deste ano, com Dwayne “The Rock” Johnson na liderança,…
    CríticasCinema

    Crítica | Dançarina Imperfeita

    2 Mins read
    Nova produção original da Netflix é a prova viva de que o streaming adora apostar em romances adolescentes e que esse talvez seja o seu ponto alto. Cheia de clichês adolescentes “Dançarina Imperfeita” entrou para a lista de queridinha do público logo na sua estreia.