fbpx
NotíciasCinema

Fãs de Ana de Armas pedem R$ 27 milhões em indenização para Universal Pictures

Ana de Armas que roubou a cena no derradeiro filme de Daniel Craig como James Bond, “007 – Sem Tempo Para Morrer”, foi cortada na versão final do filme “Yesterday”
Fãs de Ana de Armas pedem R$ 27 milhões em indenização para Universal Pictures
Ana de Armas | Reprodução

Dois assinantes do Amazon Prime Vídeo viram o trailer do filme “Yesterday”, de Danny Boyle, e se empolgaram com a presença da atriz cubana Ana de Armas, de 33 anos. Ambos residentes nos Estados Unidos ficaram tocados pela beleza e talento da personagem Roxanne, resolveram alugar a obra do diretor inglês, vencedor do Oscar em 2009. Mas após o término da película se sentiram enganados, pois constataram que a atriz não aparece na versão final.

Cena deletada de Yesterday com Ana de Armas

Movidos por tamanha tristeza e insatisfação após constatarem a ausência “bélica” de Ana, os dois assinantes resolveram processar a Universal Pictures para tentar acabar com a frustração cinematográfica causada. Para tanto, os advogados estipularam um valor “justo” para que o prejuízo financeiro de, aproximadamente, R$ 22 fosse ressarcido: nada mais que R$ 27,4 milhões. A justificativa dos advogados foi:

“Como lhes foi prometido um filme com Ana de Armas no trailer de ‘Yesterday’, e o que conseguiram foi um filme sem vestígios da atriz, os nossos clientes não receberam nada de valor pelo que pagaram”.

Mesmo parecendo absurdo esse tipo de processo milionário é comum na indústria do cinema. Em 2011 um espectador do filme “Drive”, de Nicolas Winding Refn, se sentiu decepcionado porque o filme não era uma sequência alucinante de perseguições em alta velocidade com carros potentes, mas sim um drama sobre um piloto de fuga solitário, Ryan Gosling, que se apaixona por uma mulher casada, Carey Mulligan.

Fonte: Universal Estúdios

Na indústria cinematográfica é bem comum cortes de personagens na versão final. Um exemplo disso ocorreu quando o ator Adrien Brody foi chamado por Terrence Malick para o filme “Além da Linha Vermelha”, mas, ao final, acabou tendo uma participação curtíssima. A verdade é que escolhas cinematográficas embasadas em questões técnicas como o roteiro podem e devem ser usadas para a melhoria, ou não, do filme.

Advertisement

Fonte: El País

Relacionados:
CríticasCinema

Crítica | Doutor Estranho no Multiverso da Loucura acerta em alguns pontos mas ressalta os erros da fase 4

4 Mins read
Doutor Estranho no Multiverso da Loucura finalmente está chegando aos cinemas mas assim como muitas das produções dessa fase 4 do UCM deve dividir opiniões.
NotíciasCinema

MUBI | Streaming revela as principais estreias do mês de maio; confira!

3 Mins read
Foco em Cannes e especiais dedicados a Joachim Trier e Joseph Losey; a estreia do filme de Kiyoshi Kurosawa, A Mulher de um Espião, e o lançamento exclusivo de Great Freedom
CríticasCinema

Crítica | Boneca Russa (2ª Temporada) - série mantém a qualidade inserindo viagens no tempo no caótico cotidiano de Nadia e Alan

3 Mins read
Passados quatro anos dos acontecimentos surreais vividos por Nadia ( Natasha Lyonne) e Alan ( Charlie Barnett) na 1ª temporada de Boneca Russa, a dupla já conseguiu fugir do constante ciclo de mortalidade que enfrentava diariamente. Mas se eles achavam que já estavam livres das artimanhas do Universo, acabaram descobrindo que era só o começo de mais uma jornada, agora com viagens no tempo via transporte público( o sonho de todos nós?), reencontro com situações vividas por seus antepassados, questões existenciais e históricas, rendendo para Boneca Russa atuações impecáveis e uma nova e sensacional trilha sonora presente também nesta 2ª temporada.