NotíciasCinema

Herdeira da Disney doa grande parte de sua fortuna: “Tinha vergonha do meu sobrenome”

Abigail Disney é neta de Roy Oliver Disney, co-fundador da empresa ao lado do conhecido Walt Disney. Contudo, ela se diz envergonhada com o sobrenome e já doou grande parte de sua herança para diversas causas e fins. Aos 60 anos, ela é documentarista e teceu algumas críticas recentes ao modo como os parques da Disney reabriram durante a pandemia do Covid-19.

Em longa entrevista à Emily Webb, na BBC, a herdeira comentou sobre suas divergências com o sobrenome e as questões que sempre lhe incomodaram enquanto crescia. Ela é uma das principais herdeiras do Império Disney, mas não revelou qual o estimado valor de sua fortuna. Abigail é sobrinha-neta de Walt, mas não teve tanto contato com o mesmo antes de sua morte.

Disney
Propaganda oficial do Disney+, novo serviço de streaming da empresa.

Depois que passei dos 10 anos, ficou claro que nem todo mundo vivia em um lago. Mas ainda não tinha a sensação de que éramos especiais ou grande coisa, exceto quando íamos à Disneylândia. E acho que isso me incomodava porque a gente tinha que ficar bem comportado, coisas do tipo.“, disse a ativista.

Meus pais eram conservadores no aspecto político, é claro, mas também, sobretudo, na vida pessoal. Eles acreditavam que você devia respeitar os mais velhos, dizer a verdade, ser leal às pessoas que estão perto de você, que a família vem em primeiro lugar.“, relembrou também.

Abigail também comentou um pouco sobre suas memórias e relações com o próprio Walt Disney. “Walt morreu quando eu tinha uns 5 ou 6 anos, não lembro. Mas me lembro que quando ele morreu, houve tristeza não apenas na minha família, como também no estúdio. Meu avô era um homem bastante acolhedor, muito doce e de bom coração.

Advertisement

Ela relembrou o momento de descoberta sobre a herança e o choque pessoal pelo qual passou. “Eu fiquei tão aborrecida, tão aborrecida. Eu diria até traumatizada com o número. Isso aconteceu em 1981, quando eu tinha 21 anos, então US$ 10 milhões era mais dinheiro do que agora. E me parecia que nenhum ser humano decente deveria ter muito mais dinheiro do que qualquer outro. Eu simplesmente não conseguia ficar confortável com isso.“, afirmou Abigail.

Estudando na Universidade de Yale, ela não se sentia confortável com alguns comentários e perguntas que muitos de seus colegas lhe faziam. Muitos questionavam sua posição política e relembravam as opiniões de Walt durante a chamada Caça às Bruxas em Hollywood, denunciando vários nomes ao Comitê de Atividades Antiamericanas.

Na verdade, eu sempre me imagino como o Mickey Mouse em “Fantasia”, quando ele rouba a vassoura do feiticeiro, e ela fica fora de controle. É exatamente isso. Você pode usar (o dinheiro) muito mal se for arrogante, impulsivo ou não pensar com clareza; se não for realmente maduro, atencioso e empático em relação ao efeito que tem nas pessoas ao seu redor, você pode fazer coisas horríveis com ele, ou pode ser uma bela ferramenta.“, finalizou a documentarista.

Fonte: UolEntretenimento

Veja também: The Mandalorian | Fãs querem demissão de atriz trumpista e anti-máscaras

Advertisement

About author
Estudante, fã de faroestes e musicais, aficionado por "Família Soprano" e 007, entre outras coisas boas da vida.
Articles
    Relacionados:
    CinemaNotícias

    É confirmado que Mads Mikkelsen vai substituir Johnny Depp em Animais Fantásticos

    1 Mins read
    A Warner Bros. Pictures confirmou hoje à revista Deadline a contratação de Mads Mikkelsen para o papel de Gellert Grindelwald na franquia…
    NotíciasCinema

    George Clooney critica Bolsonaro e outros negacionistas da pandemia

    1 Mins read
    Em entrevista recente à GQ, para promover seu novo filme, “O Céu da Meia-Noite“, o ator George Clooney criticou a posição de…
    NotíciasCinemaSéries

    Confira o que chega no catálogo da Netflix em Dezembro

    5 Mins read
    A Netflix divulgou as novidades que chegam ao seu catálogo em Dezembro, entre as produção em destaque estão as séries Mundo Sombrio de Sabrina (4ª temporada), o lançamento da série original Bridgerton, e os filmes Mank, de David Fincher, e A Voz Suprema dos Blues, filme póstumo de Chadwick Boseman. Confira todos os títulos por categoria e data de lançamento: