fbpx
NotíciasCinema

Figura principal do #MeToo acusa diretor de Velozes e Furiosos de abuso sexual

A figura principal do #MeToo, Asia Argento, fez novas acusações de abuso sexual na sexta-feira, dirigidas ao diretor americano de “Velozes e Furiosos”, Rob Cohen.

A atriz e diretora italiana, de 45 anos, foi uma das primeiras a se manifestar contra o abuso sexual na indústria cinematográfica, ajudando a desencadear a campanha #MeToo.

Em 2017, ela revelou que o produtor de Hollywood Harvey Weinstein a estuprou em 1997, quando ela tinha 21 anos.

Na entrevista ao jornal italiano, Asia denunciou uma agressão sexual por parte de Rob Cohen ocorrida em 2002. “É a primeira vez que falo sobre Cohen. Ele abusou de mim me fazendo beber GHB, tinha uma garrafa”, afirmou, referindo-se a uma droga usada por estupradores. “Naquela época, não sabia muito bem o que era. Acordei de manhã nua em sua cama”, disse.

Argento disse que o ataque aconteceu enquanto ela estava filmando o filme de ação “xXx” de Cohen, também estrelado por Vin Diesel e Samuel L. Jackson.

Advertisement

Fonte: UOL

Confira também: Marvel aceita pagar salário milionário de Tobey Maguire para Homem-Aranha 3

About author
Amante do cinema em geral, grande fã de James Bond, e estudante.
Articles
    Relacionados:
    NotíciasCinema

    Paramount Pictures adia estreia de Clifford por tempo indeterminado

    1 Mins read
    A decisão se deu por conta da nova onda de COVID-19 que atinge o planeta. Segundo informações do Deadline, a estreia do…
    CríticasCinema

    Crítica | Tempo - Mais uma obra inovadora de Shyamalan

    3 Mins read
    M. Night Shyamalan está de volta às telonas com mais um filme bizarro e inovador, fruto de algo que poderia sair apenas de sua mente. Tempo nos brinda com uma ótima direção e sinceridade do diretor em se manter fiel ao seu histórico.
    NotíciasCinema

    Cruella | Depois de Scarlett Johansson, Emma Stone pode processar a Disney pelo mesmo motivo

    1 Mins read
    “Cruella” teve a mesma estratégia de lançamento que “Viúva Negra”: cinemas e streaming.