fbpx
NotíciasCinema

Trump usa vídeo de Johnny Depp para mostrar que houve violência contra o ex-presidente; confira

A sessão de perguntas e respostas do julgamento do segundo processo de destituição de que o ex-presidente foi alvo terminou, mas um dos momentos mais desconcertantes ocorreu quando a equipe jurídica de Donald Trump foi questionada quando o então presidente foi informado de que o vice-presidente Mike Pence estava em perigo.

Os advogados de defesa de Donald Trump, recorreram a vídeos com falas de Madonna e Johnny Depp como provas.

No vídeo em questão Depp afirmou, no festival de Glastonbury, que Trump “precisa de ajuda” e disse: “quando foi a última vez que um ator assassinou um presidente?”. Confira o vídeo abaixo:

O advogado Michael Van der Veen disse que recorreu a estes dois vídeos para demonstrar que as declarações de Trump “são protegidas por lei”.

Fonte: Deadline

Advertisement

Confira também: Homem-Aranha 3 | Tobey Maguire reativa Twitter após 8 anos e aumenta especulações

About author
Amante do cinema em geral, grande fã de James Bond, e estudante.
Articles
Relacionados:
NotíciasCinema

Halloween Ends | 3° e último filme da nova trilogia ganha trailer

1 Mins read
Na última terça-feira (19), a produtora Blumhouse lançou o primeiro trailer de Halloween Ends, o último filme da trilogia escrita e dirigida por David Gordon Green. Confira:
NotíciasSéries

Emmy 2022 | Conheça os indicados à principal categoria da noite

2 Mins read
Os indicados ao Emmy 2022 foram revelados na última terça-feira (12) com um recorde no número de indicados à categoria de Melhor Série de Drama (a mais importante da noite). Confira agora onde assistir a cada uma delas e do que elas se tratam:
NotíciasCinema

Thor: Amor e Trovão | Filme é boicotado por cenas LGBTQIA+

1 Mins read
Apesar de ser o líder na bilheteria mundial pelo segundo final de semana consecutivo, Thor: Amor e Trovão está sendo boicotado pelo grupo cristão americano One Million Moms por “cenas de conteúdo LGBTQIA+ explícito”. O texto do grupo cita “a tensão romântica gay entre o Deus do Trovão e o Senhor das Estrelas”, “a deusa bissexual Valquíria” e o “gênero neutro” do personagem Axl.