CuriosidadesSéries

Dark – 3ª temporada | O que saber antes do apocalipse

Um dos finais de séries mais aguardados do ano é de uma das mais complexas da Netflix. A 3ª temporada de Dark chega neste sábado (27/06). Ambientada numa pequena cidade alemã, a série Dark desenrola quatro famílias em três gerações. As três gerações são entendidas como três épocas centrais: 1953-1986-2019 — não necessariamente nesta ordem. De forma clara, os membros dessas famílias possuem suas versões em cada época. 

Por outro lado, de forma não tão clara assim, o tempo de cada geração se conecta. Somos confrontados com a noção do tempo-espaço quando uma criança de 2019 (Mikkel) desaparece e vai parar em 1986. E assim por diante, com outras. 

Dark / Netflix

Estamos próximos da conclusão da série com sua terceira temporada. Diante disto, abaixo estão alguns pontos importantes de serem lembrados sobre o que vimos até aqui, para assistirmos à series finale. 

Relembrando a 2ª temporada de Dark 

“Quando” está Jonas ?

Como foi visto no último episódio da primeira temporada (Alfa e Ômega), Jonas (Louis Hofmann) descobre estar no ano 1986.  Ele quer ir atrás de Mikkel , que está preso nesse ano. Porém, é capturado por Noah (o padre misterioso) e levado para o quarto dos “experimentos”. Ao chamar por socorro, Jonas vê o Estranho, que revela ser o próprio Jonas do futuro! 

O Jonas “mais velho” aciona o portal. É então que vemos uma fenda do espaço-tempo se abrir no quarto (também chamado de Buraco de Minhoca), para o tempo que o jovem Helge está (1953). 

Advertisement
Helge (esquerda) em 1953, toca o dedo de Jonas, em 1986

Helge vai para 1986, e, Jonas acorda num cenário futuro apocalíptico. 

Portanto, depois de ter sido pego “no passado” Jonas se vê novamente capturado. É quando, com um “bem-vindo ao futuro”, ele é acertado na cabeça por uma menina desconhecida e armada. 

A jornada do herói

Na temporada 2, Jonas também está “desaparecido”. Isto ocasiona idas e vindas nas provas e pistas reunidas por Charlotte. O espectador sente que coincidências não existem, isto é, que tudo está predeterminado. 

Presume-se que a caverna, a usina nuclear, são eventos conectados. Além disso, são os cenários mais importantes onde todo sumiço acontece.  

Na série Dark, o espectador deve lembrar que personagens viajam no tempo por razões baseadas numa luta constante entre bem  e mal. Eles, os viajantes, podem mudar tudo. 

Advertisement

Jonas, na 2ª temporada , foca no desafio em imergir no tempo para salvar passado, presente e futuro. A princípio ele está no futuro apocalíptico de Winden, sem saber como voltar. Quando o jovem se depara com uma massa negra viva (a Partícula de Deus), sua viagem toma novos rumos. 

A partícula o faz ir a quatro épocas, sendo a mais importante a de 1921, onde descobre ser Adam, o líder dos viajantes. Consequentemente, Jonas sabe que seu papel é muito maior do que pensa, e ele segue na busca de saber  “quando é o começo” para mudar os eventos que ele, enquanto jovem, ainda não sabe. 

Adam e Jonas, versões diferentes de um mesmo viajante

Cercada de mais mistério sobre o tempo, a temporada 2 nos fez ir para 5 novas épocas. Diante disso, é o futuro que interessou ali, mas presente e passado estavam nas mãos, deslizando para um lado e outro. Como exemplo, o cenário inicial se deu em uma nova data (1921) na caverna de Winden, servindo de plano secundário para o loop que envolveu Jonas.

O que saber antes do apocalipse

Sobre o último ciclo

São 3 ciclos. Sabe-se que são 33 anos que saltam para o futuro ou para o passado, conectando os habitantes de Winden em um ciclo vicioso. Contudo, em Dark 2, Jonas é enganado por Adam. O jovem volta a 2019, um ano antes do ciclo se concluir, porque quer impedir o suicídio do pai. Jonas foi na intenção de quebrar o ciclo, mas Adam o manipulou, pois o fato do rapaz ir é um evento em si, parte de seu plano. 

Advertisement

Compreende-se duas coisas aqui. Uma é de que Jonas acaba descobrindo ser o responsável daquilo que queria impedir (o suicídio do pai, que gerou uma sequência de eventos). A outra é de que a matéria escura viva criada por Adam é a que prevê o último ciclo.

A trama da 2ª temporada foi fundamentada na temática do sobrenatural, canalizando o roteiro numa releitura sobre a criação do mundo. Pode-se dizer que o plano de Adam era usar a Partícula de Deus para destruir e ao mesmo tempo criar. E para isto, foi preciso que ele controlasse o Deus e o tempo.

A matéria de Adam (em 1921), a da usina nuclear (em 2020) e a do futuro (em 2053), acontecem ao mesmo tempo.

A temporada 2, portanto, fez o anúncio de que um último ciclo, orquestrado por Adam, se concluiria. O apocalipse se estabeleceu.

” A questão não é quando, mas qual mundo”

Mas calma aí. Ainda não capturamos “quando é o começo”. Como se não bastasse ter que descobrir o começo, Jonas está, agora, diante de uma nova versão de Martha que o informa ter vindo de outro mundo, e não de outro tempo. A 3ª temporada de Dark não depende somente de quando, mas de onde. 

Advertisement

O que nos espera a conclusão da série mais viciante da Netflix? Confira abaixo, o trailer da terceira e última temporada de Dark

About author
"Filmes tem o poder de capturar sonhos" A Invenção de Hugo Cabret (2011)
Articles
    Relacionados:
    NotíciasGamesSéries

    Ator de The Boys afirma que um jogo stealth seria perfeito para o estilo da série

    1 Mins read
    Em entrevista à IGN Brasil, o ator Shawn Ashmore, o Facho de Luz (Lamplighter) da segunda temporada de “The Boys“, afirmou que…
    NotíciasSéries

    Resident Evil: Infinite Darkness | Série animada da Netflix ganha trailer incrível!

    1 Mins read
    A Netflix divulgou o primeiro trailer oficial de “Resident Evil: Infinite Darkness” (“Resident Evil: No Escuro Absoluto“), nova série animada baseada na…
    NotíciasSéries

    Todo Mundo Odeia o Chris | Ator comenta sobre possível reboot e finalmente explica a cena final

    1 Mins read
    Como forma de comemoração pelos 15 anos de aniversário da série “Todo Mundo Odeia o Chris“, o ator Tyler James Williams, por…