fbpx
CinemaCríticas

Crítica| Um Crush Para O Natal

Representatividade é clichê natalino são os pontos fortes da nova produção da Netflix, Um Crush Para o Natal

Natal, época de juntar as famílias e apresentar os namorados, sendo assim, o terror dos solteiros. A Netflix já mostrou que adora juntar casais em épocas de Natal, principalmente se for para fingir que está namorando ou pra criar um novo relacionamento. Mas e quando o amor é antigo e só precisa de uma ajudinha pra florescer ? E essa é a história de Um Crush Para O Natal, nova comédia romântica natalina ( e a primeira LGBTQI+ com o tema)da plataforma.

A história gira em torno da vida amorosa de Peter (Michael Urie), um homem gay que trabalha como social media e mora em Los Angeles, e que, assim como toda nós meros mortais, vive sob constante pressão dos familiares para arrumar um namorado. Voltando para a sua cidade natal para passar as festas com a família, Peter decide levar o seu melhor amigo, Nick (Philemon Chambers), seu amigo há nove anos, com quem divide o apartamento. Além de Nick, Peter também carrega a mentira de que está com um namorado, ele só não pode ir às festas.

Um Crush Para  Natal
Um Crush Para Natal / Netflix

Apesar da mentira, ele não consegue convencer a todos sobre a sua história, e acaba indo em um encontro arranjado pela sua mãe, que não aguenta mais ver o filho solteiro. No meio desses encontros, Peter vai descobrir o que realmente sente por Nick, e vice-versa, gerando muitas dúvidas como: voltar para Los Angeles ou ficar aqui? Continuar com esse relacionamento arranjado ou ir para os braços do Nick?

Dirigido por Michael Mayer e escrito por Chad Hodge, a trama não tem nada demais, não é algo absurdamente incrível e diferente, mas é muito bom! A simplicidade da história faz com que queiramos acompanhá-la até o final, torcendo pelo casal principal entender sobre os seus sentimentos, e é isso que prende o telespectador.

Um Crush Para  Natal
Um Crush Para Natal / Netflix

O ponto alto fica por conta do roteiro, que aborda questões que ainda são tratadas como tabus, e o roteirista soube desmistificar aquele conceito de que pessoas LGBTQI+ não podem ter uma família, e que além de terem uma família que super apoia o protagonista, eles são mega amorosos.  

Advertisement

Com tradições familiares acontecendo durante o filme inteiro, e diversas situações clichês, típicas de filmes natalinos, o Um Crush Para O Natal  se mostra uma grande produção, em quesitos de pensar naquilo que o espectador espera ver de um filme de final de ano, sem viajar com histórias que são profundas de mais e que no final só servem para ficarem mais cansativas.

Um Crush Para  Natal
Um Crush Para Natal / Netflix

Um Crush Para o Natal consegue, do seu jeito simplista, ser um ótimo filme natalino, com o elenco entregando tudo quando se trata de momentos emocionantes, conversas profundas e ainda conseguem tirar uma risada. É um filme que realmente vale a pena a assistir com a família.

Um Crush Para Natal já está disponível na Netflix.

Nota: 4/5

Assista ao trailer:

About author
22 anos, jornalista, amante do cinema e de musicais.
Articles
Relacionados:
CríticasCinema

Crítica | Doutor Estranho no Multiverso da Loucura acerta em alguns pontos mas ressalta os erros da fase 4

4 Mins read
Doutor Estranho no Multiverso da Loucura finalmente está chegando aos cinemas mas assim como muitas das produções dessa fase 4 do UCM deve dividir opiniões.
NotíciasCinema

MUBI | Streaming revela as principais estreias do mês de maio; confira!

3 Mins read
Foco em Cannes e especiais dedicados a Joachim Trier e Joseph Losey; a estreia do filme de Kiyoshi Kurosawa, A Mulher de um Espião, e o lançamento exclusivo de Great Freedom
CríticasCinema

Crítica | Boneca Russa (2ª Temporada) - série mantém a qualidade inserindo viagens no tempo no caótico cotidiano de Nadia e Alan

3 Mins read
Passados quatro anos dos acontecimentos surreais vividos por Nadia ( Natasha Lyonne) e Alan ( Charlie Barnett) na 1ª temporada de Boneca Russa, a dupla já conseguiu fugir do constante ciclo de mortalidade que enfrentava diariamente. Mas se eles achavam que já estavam livres das artimanhas do Universo, acabaram descobrindo que era só o começo de mais uma jornada, agora com viagens no tempo via transporte público( o sonho de todos nós?), reencontro com situações vividas por seus antepassados, questões existenciais e históricas, rendendo para Boneca Russa atuações impecáveis e uma nova e sensacional trilha sonora presente também nesta 2ª temporada.