fbpx
CríticasSéries

Crítica | Reacher – Nova adaptação é destaque positivo

“Reacher” acaba de estrear no Prime Video e traz ação, adrenalina e humor na medida certa!

Jack Reacher (Alan Ritchson) é um ex-militar que, ao passar pela pacata cidade de Margrave, é detido como suspeito de um homicídio. Os motivos que o levaram até lá até então eram inocentes, mas quem acreditaria na coincidência de um forasteiro passando por acaso no local de um homicídio em uma cidade em que nada acontecia há tempos? Ou será que muita coisa acontecia e os moradores só não ficavam sabendo?

Com a confusão armada, Reacher é levado preso e na delegacia conhece o detetive-chefe OscarFinlay  (Malcom Goodwin) e a policial Roscoe Conklin (Willa Fitzgerald). Com o primeiro, há muitos entraves de cara, mas com a mulher há uma súbita conexão. Enquanto ela começa a verificar o álibi dado pelo ex-militar, um agente financeiro, que não parece ter matado uma mosca na vida, assume o assassinato de forma repentina.

CRÍTICA | Reacher - Nova adaptação é destaque positivo
Reacher | Amazon Prime Video

Margrave é uma cidade pequena, daquelas em que todos se conhecem. Então imaginem o choque quando, além daquele homicídio inicial, várias outras pessoas começam a morrer inexplicavelmente em pouquíssimos dias? Não só isso, mas também ocorre uma coincidência enorme quando se descobre que uma dessas pessoas assassinadas é simplesmente Joe Reacher, irmão do nosso protagonista. Logo logo Reacher está mais envolvido do que gostaria, e sua estada em Margrave não seria mais tão curta.

Uma coisa interessante na série são os flashbacks que mostram como Jack e Joe eram próximos durante a infância, e que tentam explicar um pouco sobre a personalidade explosiva de Reacher. No entanto, nos dias atuais, Jack nem tem notícias de seu irmão, até encontrá-lo entre os mortos em Margrave. E mesmo assim, as pistas deixadas por Joe acabam sendo fundamentais para que a investigação ocorra.

Reacher demonstra muitos conhecimentos e habilidades investigativas. Sendo assim, ele, o detetive Finley e Roscoe começam a investigar a fundo tudo o que aconteceu e descobrem segredos obscuros que envolvem a cidade, moradores poderosos e crimes do colarinho branco que ninguém jamais imaginaria. Ou seja, tem uma temática além do usual em histórias de ação, fazendo com que o público fique ansioso para montar logo o quebra-cabeças.

Advertisement
CRÍTICA | Reacher - Nova adaptação é destaque positivo
Reacher | Amazon Prime Video

Talvez você esteja se lembrando de já ter visto ou ouvido falar de Jack Reacher, não é mesmo? Acontece que a série tem por base uma série de livros, de autoria de Lee Child, que já havia sido adaptada como dois filmes, estrelados por Tom Cruise, nos anos de 2012 e 2016. 

A franquia de filmes não fez tanto sucesso, no entanto, sendo uma das principais críticas o fato de Tom Cruise não ser tão grande e forte como Reacher é descrito. Afinal, é um personagem que intimida a todos só com o olhar – e isso fica bem claro na série! Sendo assim, se você viu os filmes e não gostou muito, não se preocupe, a série é bem diferente.

CRÍTICA | Reacher - Nova adaptação é destaque positivo
Jack Reacher | Paramount Pictures

“Reacher” tem muita ação, claro, mas além disso tem muito humor, dramas familiares, lições sobre amizade e aquele ar investigativo que enche a gente de adrenalina até o final, tudo isso na exata medida. Ou seja, nada é maçante, e a série, que tem apenas oito episódios, prende a gente o tempo todo. Tudo fica bem amarradinho no final, não ficam pontas soltas. Há rumores sobre uma segunda temporada, mas por enquanto nada confirmado.

A série estreou no último dia 04 de fevereiro no Prime Video e é ideal para fazer aquela maratona!

Nota: 4/5

Assista ao trailer:

Veja também: Crítica | Moonfall: Ameaça Lunar – Direto ao ponto, sem muita enrolação

Advertisement
Relacionados:
CríticasCinema

Crítica | Doutor Estranho no Multiverso da Loucura acerta em alguns pontos mas ressalta os erros da fase 4

4 Mins read
Doutor Estranho no Multiverso da Loucura finalmente está chegando aos cinemas mas assim como muitas das produções dessa fase 4 do UCM deve dividir opiniões.
CríticasCinema

Crítica | Boneca Russa (2ª Temporada) - série mantém a qualidade inserindo viagens no tempo no caótico cotidiano de Nadia e Alan

3 Mins read
Passados quatro anos dos acontecimentos surreais vividos por Nadia ( Natasha Lyonne) e Alan ( Charlie Barnett) na 1ª temporada de Boneca Russa, a dupla já conseguiu fugir do constante ciclo de mortalidade que enfrentava diariamente. Mas se eles achavam que já estavam livres das artimanhas do Universo, acabaram descobrindo que era só o começo de mais uma jornada, agora com viagens no tempo via transporte público( o sonho de todos nós?), reencontro com situações vividas por seus antepassados, questões existenciais e históricas, rendendo para Boneca Russa atuações impecáveis e uma nova e sensacional trilha sonora presente também nesta 2ª temporada.
NotíciasSéries

La Casa de Papel: Coreia | Remake ganha data de estreia e teaser

1 Mins read
Remake de La Casa de Papel chega em 24 de junho na Netflix. O remake coreano da famosa série La Casa de…