CríticasSéries

Crítica | Noturnos

Nova série do Canal Brasil traz pela primeira vez o lado obscuro das obras de Vinicius de Moraes para a televisão. Dirigido por Caetano Gotardo e Marco Dutra, a série de 8 episódios “Noturnos” promete muito mas se perde no meio do caminho.

Você já deve ter lido alguma das várias obras de Vinicius de Moraes, e seus contos de terror chamam a atenção por serem muito abrasileirados, e nada mais aterrorizante do que ouvir uma boa história de terror em um dia chuvoso, não é?! E é isso que acontece em Noturnos.

Durante uma tempestade, a companhia de teatro Noturna decide pausar seus ensaios e esperar a chuva passar enquanto contam histórias de terror, já que não conseguem voltar para casa.

Reunidos em volta de uma goteira, os atores contam histórias que vão evoluindo com o passar dos episódios e seguindo a cronologia brasileira, fazendo com que as histórias contadas façam referência a alguns acontecimentos recentes no país. Com o avanço da noite, assuntos mal resolvidos entre os colegas de trabalho acabam aparecendo, tornando o convívio ainda mais difícil.

Noturnos
Noturnos | Canal Brasil

Dirigida por Caetano Gotardo e Marco  Dutra, a série trouxe uma ideia muito bacana para o  audiovisual, eu por exemplo nunca havia visto algo igual com as obras de Vinicius de Moraes. Mas, apesar da ideia ser boa, a execução se perdeu no meio do caminho, fazendo com que fique extremamente pesado de acompanhar.

Mas vamos por partes, a parte extremamente positiva da série é a escalação do elenco, Andrea Marquee, Thaia Perez, Rafael Losso, Vaneza Oliveira e Ícaro Silva integraram o elenco fixo, e entregam todo o talento para a atuação e música com o passar dos episódios, mas acabam se perdendo nos dois últimos episódios e deixando a qualidade cair, fazendo  com que tudo fique um pouco enjoativo de acompanhar.

Advertisement

Cada episódio segue uma estética, história e tem um diretor diferente, mais um ponto positivo para a série que tinha tudo para ser perfeita, mas não sai de cima do muro e fica entre “muito boa e muito ruim”. Apesar da série ser uma ótima oportunidade do público voltar ou apreciar pela primeira vez as obras de Vinicius, acredito que o efeito cansativo acabe falando mais alto.

Noturnos
Noturnos | Canal Brasil

Mesmo batendo na tecla do quão cansativo possa ficar a série com o passar dos episódios, ela merece ser assistida, não só pelo fato de carregar todo o posso da nossa cultura, e sim por abrir os ossos olhos para o outro lado da história -e cá entre nós, estamos precisando aprender a olhar o outro lado da história-.

Para uma primeira série original do Canal Brasil, a série merece os parabéns, a produção e a escolha dos atores foram determinantes para chamar a atenção de quem está procurando alguma série brasileira para assistir.

O primeiro episódio de Noturnos estreou no dia 21 no Canal Brasil, e em breve  estará disponível no Globoplay. 

Nota: 3/5

Advertisement

About author
21, Jornalista e amante do cinema.
Articles
    Relacionados:
    NotíciasSéries

    Em divertido comercial, Steve Carell vira o Papai Noel; Assista!

    1 Mins read
    Por conta de um divertido comercial gringo, o astro Steve Carell, nosso querido Michael Scott, deu vida ao Papai Noel! O vídeo…
    CríticasSéries

    Crítica | O Gambito da Rainha - O Xeque-mate de Anya Taylor-Joy

    5 Mins read
    Concebido, inicialmente, como um projeto fílmico que ganharia vida sob a direção do saudoso Heath Ledger, a minissérie O Gambito da Rainha percorreu uma extensa jornada até ganhar a benção da Netflix.
    NotíciasCinemaSéries

    Confira o que chega no catálogo da Netflix em Dezembro

    5 Mins read
    A Netflix divulgou as novidades que chegam ao seu catálogo em Dezembro, entre as produção em destaque estão as séries Mundo Sombrio de Sabrina (4ª temporada), o lançamento da série original Bridgerton, e os filmes Mank, de David Fincher, e A Voz Suprema dos Blues, filme póstumo de Chadwick Boseman. Confira todos os títulos por categoria e data de lançamento: