CríticasCinema

Crítica | Mulan

Um dos filmes mais aguardados de 2020 foi lançado, o live action de Mulan deixa história infantil de lado fazendo uma releitura da lenda chinesa.

Em 1998 foi lançado uma das melhores animações da Disney, Mulan era uma guerreira que passou por cima do machismo para salvar a China, o que fez ela entrar pra lista de “melhores princesas” – e a minha favorita-. Aclamado por muitos, a animação infelizmente não recebeu boas críticas do país que homenageou, por ter sido baseada em uma antiga lenda, o filme foi taxado de sátira por ter um tom infantil e alegre.

Aproveitando a época em que a Disney anda investindo em live actions, não demorou muito para que um de Mulan fosse anunciado. Desde o primeiro trailer ficou claro de que o filme seria completamente diferente da animação, e que tentaria ser uma releitura fiel da lenda folclórica chinesa sobre Hua Mulan.

No longa, Hua Mulan ( Liu Yifei) é uma garota inquieta e cheia de habilidade que são vistas com maus olhos por sua família e aldeia, já que naquela época o mais importante para uma mulher era ser uma boa esposa. Enquanto Mulan crescia, a China sofria ataques de um grupo comandado por Böri Khan (Jason Scott Lee).

Mulan
Mulan | Disney+

Crescida e sem pretendentes, Mulan vê a sua história mudar do dia pra noite quando um certo dia, a sua pequena vila recebe a notícia de que o Imperador da China (Jet ali) corre perigo, e que um homem de cada família deve se juntar ao exército chinês. Com só duas filhas, Zhou (Tzi Ma) se oferece para lutar mesmo estando debilitado e sem forças. Ver o pai naquele estado fez com que Hua Mulan tomasse uma decisão que poderia acabar com a sua vida, na manhã seguinte ela seguiu para o campo de treinamento do exército completamente disfarçada, carregando a espada e armadura que foram usadas pelo seu pai em confrontos anteriores.

No campo, Mulan e seus colegas recebem um treinamento rigoroso, aprendem os princípios para honrarem suas famílias e são ensinados a serem verdadeiros, corajosos e leais. Ser uma mulher disfarçada em um campo do exército chinês poderia ser considerado como a maior desonra, sendo julgado com pena de morte.

Advertisement

A história de Hua Mulan não é nova, ela está na vida dos chineses desde quando foi descrita no poema Uma Balada de Mulan, durante a Dinastia Tang (618-907). A sua história ganhou vida em 1998 com a animação da Disney, que não foi bem recebida pelo povo chinês, que achou que a história contada não fez jus à grande guerreira.

Mulan
Mulan | Disney+

O live action dirigido por Niki Caro se tornou um dos filmes mais aguardados de 2020 por corrigir os erros cometidos na animação. Desde o princípio é possível perceber a seriedade em volta da história e dos personagens, além de várias referências às tradições chinesas e suas belíssimas lutas.

Por falar em lutas, devo dizer que mesmo não sendo fã de filmes de ação, Mulan conseguiu chamar a minha atenção com suas cenas de deixar o queixo caído e suas lutas bem coreografadas. Outro ponto que merece destaque são as paisagens que foram utilizadas, dando mais intensidade na história.

Confesso que a falta das músicas da animação e de personagens como Mushu e o Capitão Lee Shang me deixaram com as expectativas baixíssimas para o filme, principalmente pelo fato da trilha sonora deixar tudo mais emocionante, mas assim que entendemos a proposta da Disney para este longa fica claro que a ausência desses itens foi para um bem maior, e que a história não deixa de passar a sua mensagem só porque faltam algumas coisas. Além disso, a inclusão de uma irmã mais nova e de Xian Lang ( Gong Li) – uma bruxa- deixou tudo mais interessante.

Mulan
Mulan | Disney+

Apesar de ser um exemplo de empoderamento feminino, Mulan ainda precisa aprender muito sobre si mesma, mostrar esse lado mais humana da personagem faz com que o carisma por ela só cresça.

Advertisement

“A garota se tornou um soldado, a soldado se tornou uma líder e a líder se tornou uma lenda.”

Com paisagens belíssimas e uma história que envolve família, confiança e cumplicidade, Mulan surpreendeu por ultrapassar as expectativas e fugir daquilo que estamos acostumados a ver em filmes da Disney.

Mulan entrou ontem no Disney + para aqueles que estiverem dispostos a desembolsarem US$ 29,00 ( cerca de R$ 162). Infelizmente para os fãs brasileiros, só será possível ter acesso ao filme no dia 17 de Novembro, que é quando o streaming chega ao Brasil.

Nota: 4/5

Assista ao trailer:

About author
21, Jornalista e amante do cinema.
Articles
    Relacionados:
    NotíciasCinema

    Mark Ruffalo e Jennifer Garner se reencontram para comemorar De Repente 30!

    1 Mins read
    17 anos depois, as duas estrelas de “De Repente 30“, um dos grandes sucessos da comédia dos anos 2000, se reencontraram em…
    NotíciasCinemaSéries

    Karate Kid e muito mais | Confira o que chega à Netflix em março!

    1 Mins read
    Nesta quarta (24), a Netflix divulgou os novos lançamentos e sucessos que chegarão ao seu catalogo oficial, incluindo os três primeiros filmes…
    NotíciasCinema

    Charlize Theron reafirma vontade de fazer versão lésbica de Duro de Matar

    1 Mins read
    Charlize Theron diz que adoraria colocar seu próprio toque de gênero em Duro de Matar. A atriz estrelou uma grande variedade de…