fbpx
CríticasCinema

Crítica | King’s Man: A Origem

King’s Man: A Origem poderia ser um novo respiro para a franquia dos agentes secretos britânicos, mas em vez disso, entrega um filme longo, e muitas vezes maçante.

Sinopse: Quando os criminosos mais cruéis da história se reúnem para roubar milhões, um homem deve correr contra o tempo para detê-los. Descubra as raízes da primeira agência de inteligência independente em `The King´s Man´.

Crítica | King's Man: A Origem
King’s Man: A Origem | 20th Century Studios

Apesar da direção de Matthew Vaughn ainda ser inspirada, parece que o diretor não entendeu muito o que fez o primeiro longa ter tanto sucesso. Dito isso, parece que existem dois filmes dentro de um, como se dois roteiros fossem escritos e mesclados de maneira abrupta. Um acaba não conversando com o outro, parece que o roteiro não sabe qual caminho quer seguir.

Apesar disso, King’s Man: A Origem tem reviravoltas interessantes e alguns momentos divertidos, principalmente quando ocorre a ação, que é um dos pontos fortes do diretor, mas o filme se perde muito por ser um prólogo imenso, de algo que se resolve apenas nos minutos finais. Sendo uma clara tentativa de iniciar uma nova franquia dentro de outra, que ainda nem se finalizou.

O ponto alto do filme fica para atuação de Ralph Fiennes, eu poderia assistir mais alguns filmes de espionagem com o ator no papel principal. Harris Dickinson também entrega tudo que seu papel exige, porém, os outros atores no elenco servem mais como coadjuvantes de luxo do que realmente personagens importantes para a trama. A intenção da presença deles é realmente uma sequência onde eles serão mais bem trabalhados

Crítica | King's Man: A Origem
King’s Man: A Origem | 20th Century Studios

Por fim, o longa acaba entregando uma história desconexa e cansativa, que não agrega em nada da mitologia já apresentada. Um humor que não funciona muitas vezes, e cenas de ação que já vimos nos longas anteriores. Mesmo que tenha um pouco da acidez, e muitas referências ao filme original, o principal fator que deixa a desejar em King’s Man: A Origem é o tom de sátira e o elemento surpresa. Algo que foi muito bem vindo no Serviço Secreto.

Advertisement

Nota: 3/5

Assista ao trailer:

About author
Nascido no inverno de 1993, lufano e amante de cultura pop!
Articles
Relacionados:
CríticasCinema

Crítica | Doutor Estranho no Multiverso da Loucura acerta em alguns pontos mas ressalta os erros da fase 4

4 Mins read
Doutor Estranho no Multiverso da Loucura finalmente está chegando aos cinemas mas assim como muitas das produções dessa fase 4 do UCM deve dividir opiniões.
NotíciasCinema

MUBI | Streaming revela as principais estreias do mês de maio; confira!

3 Mins read
Foco em Cannes e especiais dedicados a Joachim Trier e Joseph Losey; a estreia do filme de Kiyoshi Kurosawa, A Mulher de um Espião, e o lançamento exclusivo de Great Freedom
CríticasCinema

Crítica | Boneca Russa (2ª Temporada) - série mantém a qualidade inserindo viagens no tempo no caótico cotidiano de Nadia e Alan

3 Mins read
Passados quatro anos dos acontecimentos surreais vividos por Nadia ( Natasha Lyonne) e Alan ( Charlie Barnett) na 1ª temporada de Boneca Russa, a dupla já conseguiu fugir do constante ciclo de mortalidade que enfrentava diariamente. Mas se eles achavam que já estavam livres das artimanhas do Universo, acabaram descobrindo que era só o começo de mais uma jornada, agora com viagens no tempo via transporte público( o sonho de todos nós?), reencontro com situações vividas por seus antepassados, questões existenciais e históricas, rendendo para Boneca Russa atuações impecáveis e uma nova e sensacional trilha sonora presente também nesta 2ª temporada.