fbpx
CríticasSéries

Crítica | Invincible

Produção original da Amazon Prime Video, “Invincible” apresenta uma narrativa extraordinária sobre o universo sombrio dos super-heróis. Baseada na série de quadrinhos homônima de Robert Kirkman, a adaptação investe em excelentes sequências de violência gráfica e se destaca graças à profundidade de seus personagens e à força de sua história.

Recentemente renovada até a terceira temporada, “Invincible” estreou no streaming da Amazon Prime Video no dia 25 de março, com a premissa de subverter o gênero dos super-heróis e parodiar personagens já estabelecidos entre o grande público, como o Batman, a Mulher Maravilha e o Superman. Adaptada diretamente das HQs da Image Comics, a série de oito episódios surpreende o público e mergulha em uma narrativa sangrenta sobre a dualidade dos heróis e o preço dos seus poderes.

Em “Invincible” (2021), Mark Grayson (Steven Yeun) é um garoto de 17 anos igual a qualquer outro de sua idade – exceto que seu pai é o super-herói mais poderoso do planeta, o Omni-Man (JK Simmons). Frustrado por ainda não ter nenhum poder, Mark vive à sombra da família e enfrenta dificuldades para se destacar. No entanto, à medida que se aproxima da maioridade, ele desenvolve as próprias habilidades especiais e mergulha em um mundo fantástico de heróis e super vilões. Dessa forma, treinado para combater o crime, Mark se depara com uma rede de conspirações e descobre que o legado de seu pai pode não ser tão heroico quanto aparenta.

Invincible
Invincible/Amazon Prime Video

Invincible“, a partir de então, embarca em uma jornada investigativa sobre a duplicidade dos heróis e a corrupção dos seus valores morais, de modo a impulsionar a narrativa em direção ao plot mais importante da série: a chacina dos membros dos Guardiões do Globo, equipe mais poderosa da Terra, pelas mãos do próprio Omni-Man. Nesse sentido, enquanto estabelece seu universo sangrento, a obra de Robert Kirkman se delicia com o prazer que os heróis sentem ao exercer os seus poderes e revela uma abordagem satírica do gênero, guiando o espectador através de sequências brutais e perturbadoras que dificilmente serão esquecidas.

Por conseguinte, em comunhão com a notável violência gráfica, a produção da Amazon Prime Video estabelece uma gama de personagens humanizados e uma história profunda de dor e perda que, por sua vez, contam com um elenco de voz de excelência (Steven Yeun, J.K.Simmons, Sandra Oh, Seth Rogen, Mark Hamill, Jason Mantzoukas, Zachary Quinto, Mae Whitman) que potencializam a dramaticidade e a força da narrativa. Ao mesmo tempo, à medida que mantém essa seriedade virtuosa, “Invincible” desenvolve um grande – e perturbador – senso de humor e se torna uma experiência obrigatória para o grande público, que descobre uma série equilibrada, audaciosa e emocionante.

Invincible/Amazon Prime Video

Finalmente, “Invincible” é uma adição bem-vinda ao mercado supersaturado de super-heróis e surge a partir de um conteúdo extremo que convida o espectador a fazer parte da loucura sádica de alguns personagens. Comparado ao sucesso de “The Boys” (2019-atualmente), a série entrega um material recheado de reviravoltas e não se preocupa em transformar os seus atos em batalhas sanguinárias que explodem membros e órgãos para todos os lados. Dessa forma, ainda que clichê, a nova produção do Prime Video revela motivos de sobra para se destacar no mercado e promete sequências arrebatadoras cheias do encanto agressivo que fizeram da primeira temporada um sucesso.

Advertisement

Invincible já está disponível na Amazon Prime Video.

Nota: 4,5/5

Assista ao trailer:

Veja também: Crítica | WandaVision

About author
Estudante de Cinema e Audiovisual na Universidade Federal Fluminense. 22 anos.
Articles
Relacionados:
CríticasCinema

Crítica | Ron Bugado - Uma mensagem necessária no momento certo

4 Mins read
Ron Bugado conta a história do jovem Barney, um menino de onze anos que tem dificuldade de fazer novos amigos, e seu companheiro Ron, uma inteligência artificial de alta tecnologia que anda, fala e é o “melhor amigo fora da caixa” de Barney. Mas quando Ron começa a ter seu funcionamento comprometido, os dois saem em uma aventura repleta de ação, onde a amizade entre os dois se mostra verdadeira.
CríticasCinema

Crítica | Duna - Um grande épico em um ano razoável

4 Mins read
Com a retomada dos cinemas em meio a uma pandemia global, estreias sem muito peso e outras decepcionantes, Duna se consagra como o grande épico de 2021, com grandes chances de deixar filmes com maior apelo popular para trás nas bilheterias.
NotíciasSéries

Ruby Rose denuncia ambiente hostil no set de Batwoman

2 Mins read
A atriz usou seu Instagram para explicar aos fãs o motivo de ter saído da série da CW.  A atriz Ruby Rose…