fbpx
CinemaCríticas

Crítica | Ghostbusters: Mais Além – Uma mistura diversão e nostalgia

A sequência do filme de 1984 traz elementos que relembram o longa original, sem perder seu brilho. 

“Ghostbusters: Mais Além” é capaz de deixar os corações dos fãs do filme original quentinhos. A quantidade de easter eggs e referências ao longa da década de 80 trouxeram a nostalgia necessária para a sequência feita quase 40 anos depois. Mas não apenas os elementos saudosos fizeram parte do filme, o elenco jovem soube se portar muito bem diante das câmeras, criando personagens bem humorados e carismáticos. Por isso, não é difícil se apegar às crianças, e até mesmo aos adultos, que estão presentes na nova obra. 

Mas não é à toa que o filme é tão nostálgico, a direção ficou a cargo de Jason Reitman, filho de Ivan Reitman, diretor do primeiro longa, que também esteve presente como produtor na sequência. Jason ainda afirma que seu pai o ajudou em, praticamente, todas as decisões tomadas na nova produção.

ghostbusters: mais além
Foto: Divulgação

Ghostbusters: Mais Além | Nova história 

A sequência acompanha uma nova família, com uma mãe solteira, Callie (Carrie Coon) e seus dois filhos, Trevor e Phoebe (Finn Wolfhard e McKenna Grace), que estão enfrentando vários problemas financeiros. Após a morte do pai de Callie, todos se mudam para Summerville, pequena cidade no interior dos Estados Unidos, para arcar com as despesas deixadas pelo falecido. Os garotos, então, descobrem que têm um vínculo com os Caça-Fantasmas originais, já que seu avô era Egon Spengler (Harold Ramis). Nesse meio tempo, a cidade começa a sofrer com abalos sísmicos misteriosos. Os jovens, então, se juntam para desvendar esses mistérios. 

Imagem de Ghosbusters: Mais Além divulgada pela revista Empire

A atenção especial vai para a dupla de irmãos formada por Finn Wolfhard e McKenna Grace, que se destacam na atuação e conseguem cativar o público de forma divertida e inteligente. Mas vale ressaltar também que todos atuam bem e tem seu carisma. Outro personagem que cativa o público é Podcast, feito pelo jovem Logan Kim. Muito divertido, ele foi uma boa surpresa na trama.

Sem correr o risco de qualquer spoiler, é possível dizer que “Ghostbusters: Mais Além” é uma sequência que, em momento algum, desrespeitou o clássico. Pelo contrário, o filme faz uma série de referências bem planejadas e agrada os fãs dos primeiros caça-fantasmas, levando um ótimo gosto de nostalgia e diversão. O longa também pode ser ainda uma novidade muito agradável para o público mais jovem que não pegou a época dos primeiros caça-fantasmas. 

Advertisement

Dica: fique até o final da sessão para garantir a experiência completa. 

Nota: 4/5

Confira o trailer:

About author
Estudante de jornalismo, apaixonada pelo cinema e defensora das produções nacionais. Experiência em produção de conteúdo e análise de SEO.
Articles
Relacionados:
CríticasSéries

Crítica | The Umbrella Academy - 3ª Temporada

4 Mins read
Focando no que funcionou nas temporadas anteriores, a terceira temporada de The Umbrella Academy é mais contida, podendo ser considerada mais do…
NotíciasCinema

Brad Pitt admite estar na reta final de sua carreira

1 Mins read
Em entrevista à GQ, o astro Brad Pitt (12 Anos de escravidão, Era uma Vez em… Hollywood) revelou que está cada vez mais seletivo com seus papéis e entende já estar na ”reta final” de sua carreira. Confira:
NotíciasCinema

Creed 3 | Sylvester Stallone revela por que não participará do filme

1 Mins read
Em entrevista ao Metro UK, o astro Sylvester Stallone (Rocky, Rambo) revelou por que não estará em Creed III, mesmo após co-estrelar os dois primeiros filmes da trilogia juntamente com Michael B. Jordan (Pantera Negra, Quarteto Fantástico) e Tessa Thompson (Thor Ragnarok). Confira: