CríticasCinema

Crítica | Festival Eurovision da Canção: A Saga de Sigrit e Lars

Eurovision é a mais nova produção da Netflix, e trás Will Ferrell e Rachel McAdams em personagens extremamente excêntricos num besteirol musical que deu super certo.

Eurovision é um concurso musical anual e televisionado que acontece desde 1956 organizado por países membros da União Europeia de Radiofusão, tendo a participação de talentos espelhados por toda a Europa. O concurso é conhecido por lançar grupos musicais, sendo o mais famoso deles o grupo sueco ABBA, que venceu o programa em 1974.  E foi esse programa que deu início a história de Sigrit e Lars.

Lars ( Will Farrel ) era só um garoto quando se apaixonou pela música ao ver o ABBA tocando no Eurovision de 1974, ele e sua melhor amiga Sigrit (Rachel McAdams) decidem então formar uma dupla musical, mesmo que seus pais fossem contra esse sonho, Erick ( Pierce Brosnan) nunca acreditou no talento do filho, e gritava aos quatro ventos o quanto sentia vergonha dele. Mesmo com tudo indo contra, Lars e Sigrit tem um sonho em comum : participar do maior evento de música da Europa!

Eurovision
Eurovision | Netflix

Com músicas estranhas  e um visual totalmente cafona, a dupla busca o seu espaço para entrar no concurso de canções, coisa que só é possível quando uma bomba acaba explodindo em um navio, ocasionando a morte da participante selecionada e cheia de talento Katiana ( Demi Lovato). Agora dentro do programa, Sigrit e Lars acabam tendo contato com talentos de toda a Europa, o que acaba dificultando tá no relacionamento deles, principalmente pela divergência de interesses.

Com personagens estereotipados, a produção de Will Ferrell acerta na mistura entre o besteirol e a comédia familiar, fazendo com que as duas horas de duração passem num piscar de olhos. O ponto alto se dá ao talento nato de Dan Stevens ao interpretar o talentoso e excêntrico russo Alexander, uma surpresa enorme na escolha do elenco.

Eurovision
Eurovision | Netflix

Tratando-se de um filme cujo os personagens principais são cantores, não podemos deixar de lado a voz surpreendente e super afinada do Will Ferrel, já a nossa queridinha Rachel McAdams foi dublada pela cantora sueca Molly Sandén, que ficou em terceiro lugar no Eurovision infantil de 2006.

Advertisement

Apesar do filme parecer uma sátira do programa e não ser o melhor do Ferrell, ele se mostra como uma linda homenagem ao festival, além de conter uma locação incrível e músicas originais de deixar qualquer um de queixo caído. O longa é declaradamente bizarro, mas gostoso de assistir, vale a pena adicionar na sua lista do streaming.

Festival Eurovision da Canção: A Saga de Sigrit e Lars já está disponível na Netflix.

Nota: 3,5/5

Assista ao trailer:

About author
21, Jornalista e amante do cinema.
Articles
    Relacionados:
    NotíciasCinema

    David Prowse, intérprete de Darth Vader, morre aos 85 anos

    1 Mins read
    O ator britânico David Prowse faleceu hoje aos 85 anos, segundo a BBC e a agência que lhe prestava assessoria: Famoso por…
    CríticasSéries

    Crítica | Nanatsu no Taizai – Os pecados e as virtudes de uma 3ª Temporada polêmica

    4 Mins read
    Conhecido por mesclar fantasia medieval com elementos religiosos, Nanatsu no Taizai chega a sua 3ª temporada com a promessa de entregar confrontos épicos e respostas para as perguntas que assombram a mente dos fãs.
    NotíciasCinema

    Kristen Stewart dá detalhes sobre filme em que interpretará a Princesa Diana

    1 Mins read
    A atriz Kristen Stewart foi entrevistada no programa “Jimmy Kimmel Live” e falou um pouco sobre a experiência de interpretar a princesa…