CríticasSéries

Crítica | Emily Em Paris

Emily em Paris é a nova comédia da Netflix, focando no mundo do marketing de uma maneira leve e descontraída, cheia dos clichês românticos e o ar parisiense, ela merece toda a atenção do público e uma petição para a segunda temporada sair o mais rápido possível.

Quem nunca sonhou em ter uma oportunidade de trabalhar na Cidade Luz? Croissant e perfumes são algumas das milhares de coisas que chamam a atenção em Paris, seu ar romântico e sua língua um tanto quanto complicada são itens importantes para uma boa aventura quando se está sozinha.

Emily Cooper é uma executiva de marketing em uma grande empresa em Chicago, e que vê sua vida mudar completamente quando surge a oportunidade de comandar o marketing debuta agência recém-comprada por sua chefe em Paris, para ser a visão “americana”. Com zero fluência no idioma e considerada “brega” pelos colegas de trabalho – e principalmente pela sua nova chefe-, Emily tenta ao máximo elevar o nível da filial francesa. Sendo responsável pelas mídias sociais de vários clientes importantes, ela tem que provar a todo momento o seu potencial na indústria do marketing.

Emily em Paris
Emily em Paris | Netflix

Mas nem tudo é só trabalho,  Emily terminou recentemente com o seu noivo e, com uma cidade cheia de homens prontos para viver um romance francês, fica difícil não engatar um relacionamento e até mesmo fazer parte de um triângulo amoroso. Amizades também surgem para aqueles que estão completamente sozinhos na cidade, com o carisma e uma boa lábia, Emily faz belas amizades.

Desde que a série foi anunciada, três coisas ficaram bem claras: a influência de Sex And The City, Gossip Girl e O Diabo Veste Prada, o que foi se confirmando com o decorrer dos episódios e até uma citação à Serena van der Woodsen, e não é de se estranhar toda essa ligação já que o criador é ninguém menos que Darren Star, o mesmo de Sex And The City . Mas, o que difere Emily em Paris das demais séries é a modernidade e a forma com que as coisas acontecem, o feminismo é algo presente nos episódios.

Emily em Paris
Emily em Paris | Netflix

Emily em Paris é uma série leve e viciante, daquelas que a gente maratona sem sentir. Apesar de conter os clichês que talvez sirvam mais para encher linguiça na trama, ela se destaca por ter uma protagonista extremamente interessante. Lily vem brilhando em vários papéis ao longo de sua carreira, e esse com toda certeza será lembrado. Ao lado dela na série, estão nomes como Kate walsh, Lucas Bravo (Gabriel), Ashley Park (Mindy), Philippine Leroy-Beaulieu (Sylvie) e William Abadie (Antoine).

Advertisement

Louca e imprevisível como a vida, Emily Em Paris é a força e a inteligência feminina nas telinhas, além de um ótimo entretenimento. Existem rumores sobre a sua segunda temporada já estar pronta e nós estamos mais que ansiosos para essa confirmação.

Emily em paris já está disponível na Netflix.

Nota: 4/5

Assista ao trailer:

About author
21, Jornalista e amante do cinema.
Articles
    Relacionados:
    NotíciasSéries

    Em divertido comercial, Steve Carell vira o Papai Noel; Assista!

    1 Mins read
    Por conta de um divertido comercial gringo, o astro Steve Carell, nosso querido Michael Scott, deu vida ao Papai Noel! O vídeo…
    CríticasSéries

    Crítica | O Gambito da Rainha - O Xeque-mate de Anya Taylor-Joy

    5 Mins read
    Concebido, inicialmente, como um projeto fílmico que ganharia vida sob a direção do saudoso Heath Ledger, a minissérie O Gambito da Rainha percorreu uma extensa jornada até ganhar a benção da Netflix.
    NotíciasCinemaSéries

    Confira o que chega no catálogo da Netflix em Dezembro

    5 Mins read
    A Netflix divulgou as novidades que chegam ao seu catálogo em Dezembro, entre as produção em destaque estão as séries Mundo Sombrio de Sabrina (4ª temporada), o lançamento da série original Bridgerton, e os filmes Mank, de David Fincher, e A Voz Suprema dos Blues, filme póstumo de Chadwick Boseman. Confira todos os títulos por categoria e data de lançamento: