fbpx
CríticasCinema

Crítica | Diários de Intercâmbio

Larissa Manoela estrela nova produção da Netflix “Diários de Intercâmbio” em grande estilo e com direito a sotaque carioca e participações pra lá de especiais.

Que a Larissa Manoela gosta de viajar, isso todo mundo já sabe. Agora ela juntou a sua paixão por viagens e o seu lado atriz em uma super produção da Netflix: Diários de Intercâmbio.

Bárbara (Larissa Manoela) é uma jovem de 23 anos que trabalha vendendo revistas de viagens em um aeroporto, afim de bater sua meta anual para ganhar uma super viagem e finalmente sair do Rio de Janeiro. Mas tudo acaba dando errado e a meta acaba não sendo cumprida. Tudo estaria ruim se não fosse pelo comissário de bordo super simpático e extremamente apaixonado Brad (David Sherod James), que faz com que a jovem queira segui-lo até a sua cidade natal, Nova York.

Com o visto sendo negado, Bárbara se vê sem saída e desiludida, até que encontra uma revista sobre intercâmbios e tem a brilhante ideia de se candidatar. Mas ela não faz isso sozinha, Tália (Tati Lopes) sua melhor amiga, também embarca nessa e juntas elas vão viver intensamente fora do Brasil.

Diários de Intercâmbio
Diários de Intercâmbio | Netflix

A produção, por mais que seja o clichê dos clichês e extremamente previsível, é super divertida! Larissa Manoela já provou diversas vezes que é uma atriz pra lá de talentosa, e todos os seus personagens são carismáticos é super engraçados. Esse não seria diferente. Apostando no sotaque carioca e arriscando o inglês, ela encanta durante o filme inteiro.

Mas nem só de Larissa Manoela de vive Diários de Intercâmbio. Thati Lopes é conhecida por fazer papéis super engraçados, além de já ter mostrado o seu ponto para o humor em produções do canal Porta dos Fundos, ela da o tom super divertido para essa produção.

Advertisement

No elenco também temos grandes nomes como Bruno Montaleone, conhecido pelos seus papéis em novelas da Globo e Maiara Walsh, atriz que fez produções da Disney como Cory na Casa Branca e Meninas Malvadas 2, que surpreendeu os fãs por estar em sua primeira produção brasileira, sendo que a atriz é filha de pais brasileiros.

Diários de Intercâmbio
Diários de Intercâmbio | Netflix

Surpreendente, essa é a palavra que resume -e muito bem- esse filme. O roteiro foi certeiro, uma mão na luva para as atrizes e atores selecionados e sim, um enorme gatilho para quem está isolado em casa há mais de um ano. Impossível não sentir vontade de viajar enquanto assiste.

Por fim, Diários de Intercâmbio acabou sendo exatamente aquilo que esperamos, nada menos do que uma produção super legal da Netflix e extremamente engraçada na medida certa, juntando o jeitinho brasileiro com o sotaque e a esquisitice de alguns americanos.

Diário de Intercâmbio já está disponível na Netflix.

Nota: 3,5/5

Assista ao trailer :

Advertisement

About author
22 anos, jornalista, amante do cinema e de musicais.
Articles
Relacionados:
NotíciasCinema

Thor: Amor e Trovão | Filme é boicotado por cenas LGBTQIA+

1 Mins read
Apesar de ser o líder na bilheteria mundial pelo segundo final de semana consecutivo, Thor: Amor e Trovão está sendo boicotado pelo grupo cristão americano One Million Moms por “cenas de conteúdo LGBTQIA+ explícito”. O texto do grupo cita “a tensão romântica gay entre o Deus do Trovão e o Senhor das Estrelas”, “a deusa bissexual Valquíria” e o “gênero neutro” do personagem Axl.
NotíciasCinema

Lilo & Stitch | Live-action é confirmado e já tem diretor

1 Mins read
Segundo o Deadline, o já confimado pela Disney filme live-action da animação Lilo & Stitch (2002) já ganhou seu diretor e se trata de Dean Fleischer-Camp (Marcel The Shell With Shoes On). Porém, ainda não há maiores informações sobre a produção, como uma data de estreia ou se ela será lançada nos cinemas ou direto no Disney+.
NotíciasCinema

Thor: Amor e Trovão | Filme tem 3ª maior estreia do ano nos EUA

1 Mins read
Em seu primeiro final de semana nos cinemas, o filme Thor: Amor e Trovão arrecadou mais de US$ 143 milhões em solo estadunidense, ficando atrás somente de Jurassic World: Domínio (US$ 145 milhões) e de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura (US$ 185 milhões) como maiores estreias de 2022.