fbpx
CríticasCinema

Crítica | A Barraca do Beijo 3

A Barraca do Beijo 3 estreia amanhã na Netflix com decisões a serem tomadas, planos a serem cumpridos e brigas típicas de adolescentes confusos.

A Barraca do Beijo 1 e 2 foram um prato cheio para o adolescente que adora uma pegação, romances escondidos e a ideia de amizade pra toda a vida. Porém, o ponto alto da história com toda certeza foi o triângulo amoroso envolvendo Elle (Joey King), Noah (Jacob Elordi) e Marco (Taylor Zakhar Perez), que não se resolveu no segundo filme.

Em A Barraca do Beijo 3, Elle tem que tomar uma das decisões mais difíceis da sua vida: ir para a faculdade com Lee (Joel Courtney), seu melhor amigo desde sempre e a pessoa com quem fez planos ou escolher Harvard e estudar e morar com o seu grande e primeiro amor, Noah. Apesar de difícil, a decisão não demora a ser tomada e o rumo da história caminha para outros lados.

A Barraca do Beijo 3
A Barraca do Beijo 3 | Netflix

Com o Marco presente no verão dos protagonistas, a relação de Elle e Noah fica cada vez mais longe do final feliz. A desconfiança no relacionamento são colocadas em jogo e tudo acaba se complicando cada vez mais. Mas nem só de confusão se tem um último filme.

Que Lee e Elle são fãs de listas e regras, isso nós já sabemos, mas agora se tornou ainda mais divertido assistir os amigos realizando os seus sonhos e vontades de crianças, aproveitando seu último verão juntos antes de se separarem.

Clichê adolescente? Mais que isso, diferente de Para Todos os Garotos que Já Amei, A Barraca do Beijo 3 traz uma maturidade nas tomadas de decisões dos protagonistas, sem deixar a monotonia tomar conta. O roteiro fez com que tudo acontecesse de forma rápida e zero cansativa, o que foi gostoso de assistir e infelizmente deixou um gostinho de quero mais (mesmo tendo terminado de uma maneira super ok).

Advertisement
A Barraca do Beijo 3
A Barraca do Beijo 3 | Netflix

Das comédias românticas adolescente da Netflix, talvez essa seja uma das que mais me cativou, talvez seja pelo fato dos atores serem ótimos e servirem muito bem em seus papéis, mas a história também não foge muito da realidade de um adolescente normal americano (apesar das extravagâncias que existem sim).

Amar não é mesmo o suficiente ? Talvez essa seja a lição que A Barraca do Beijo nos deixou. Mudar todas as suas decisões e planos de via para seguir quem você ama pode ser uma escolha difícil, e desnecessária. Não sendo reconhecida pela outra pessoa. Mas uma amizade, ela pode durar pra sempre.

Por fim, o que se pode esperar de A Barraca do Beijo 3 é muita diversão, muita maturidade e o sentimento de dever cumprido.

A Barraca do Beijo 3 estreia dia 11 de Agosto na Netflix.

Nota: 2,5 / 5

Assista ao trailer:

Advertisement

About author
22 anos, jornalista, amante do cinema e de musicais.
Articles
Relacionados:
NotíciasCinema

Thor: Amor e Trovão | Filme é boicotado por cenas LGBTQIA+

1 Mins read
Apesar de ser o líder na bilheteria mundial pelo segundo final de semana consecutivo, Thor: Amor e Trovão está sendo boicotado pelo grupo cristão americano One Million Moms por “cenas de conteúdo LGBTQIA+ explícito”. O texto do grupo cita “a tensão romântica gay entre o Deus do Trovão e o Senhor das Estrelas”, “a deusa bissexual Valquíria” e o “gênero neutro” do personagem Axl.
NotíciasCinema

Lilo & Stitch | Live-action é confirmado e já tem diretor

1 Mins read
Segundo o Deadline, o já confimado pela Disney filme live-action da animação Lilo & Stitch (2002) já ganhou seu diretor e se trata de Dean Fleischer-Camp (Marcel The Shell With Shoes On). Porém, ainda não há maiores informações sobre a produção, como uma data de estreia ou se ela será lançada nos cinemas ou direto no Disney+.
NotíciasCinema

Thor: Amor e Trovão | Filme tem 3ª maior estreia do ano nos EUA

1 Mins read
Em seu primeiro final de semana nos cinemas, o filme Thor: Amor e Trovão arrecadou mais de US$ 143 milhões em solo estadunidense, ficando atrás somente de Jurassic World: Domínio (US$ 145 milhões) e de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura (US$ 185 milhões) como maiores estreias de 2022.