CríticasSéries

Crítica | 3% – Series Finale

“3%” estreou em 2016 sendo a primeira produção original brasileira da Netflix. Tendo bons números de audiência e boa recepção da crítica, a série entra na sua quarta e última temporada com o maior embate entre o Maralto e Continente.

Em um mundo pós-apocalíptico onde um Processo é a forma de escolher os 3% que são merecedores de ter uma vida cheia de regalias, era de se esperar que uma oposição fosse criada, e é no ano do Processo 105 que a vida dos moradores do Maralto e Continente começou a mudar.

De infiltrados da Causa no Processo à construção da Concha, vários acontecimentos levaram até o momento em que a quarta temporada começa, com Rafael (Rodolfo Valente), Joana (Veneza Oliveira), Marco (Rafael Lozano), Natália (Amanda Magalhães) e Elisa (Thais Lago) entrando no prédio do Processo e embarcando para o Maralto afim de forjar uma negociação com o conselho, em troca de Marcela (Laila Garin), que após tentar dar um golpe na Concha, foi mantida como refém pelos moradores junto de seus guardas.

3% quarta temporada
3%- 4ª Temporada | Netflix

O plano para destruir o Maralto era aparentemente simples: acabar com toda a tecnologia existente do lado de lá, sendo assim, toda informação necessária para a criação de um novo processo estaria totalmente perdida, mas não é tão fácil como parece, a colaboração e o trabalho em equipe são essenciais para o cumprir o plano. Embarcando para o Maralto -alguns pela primeira vez- o falso acordo poderia ser feito junto ao Conselho cara a cara.

Enquanto isso na Concha, Michele (Bianca Comparato) tenta fazer com que as coisas voltem ao normal após a invasão, e pra isso ela conta com a ajuda de Xavier (Fernando Rubro) e Glória ( Cynthia Senek). Enquanto Marcela é mantida como refém, André (Bruno Fagundes) dá um golpe no conselho e assume a liderança do Processo 108 e do Maralto, tomando decisões extremamente perigosas, o que acaba sendo pretexto para a destruição que definirá o futuro do mundo dividido.

A quarta temporada chegou para ser mais do que um ponto final na história, é uma crítica à sociedade atual e abre os olhos para os problemas que devem ser resolvidos em conjunto.

Advertisement
3% quarta temporada
3%- 4ª Temporada | Netflix

Além de todo o conflito entre os mundos, os flashbacks mostrando o passado da maioria dos personagens rechearam a produção que manteve o nível alto nos sete episódios. O elenco – que vem ganhando destaque desde a primeira temporada- tem um salto enorme de qualidade e merece a atenção, o desenvolvimento e amadurecimento dos atores foram essenciais para que sentíssemos amor ou ódio por determinados personagens. A construção da trajetória de cada um foi colocada de forma tão linda que chega a ser extremamente emocionante.

 Atores como Vaneza, Rodolfo e Rafael já haviam mostrado o talento nas temporadas anteriores, além deles, quem merece destaque na quarta temporada são os atores Bruno Fagundes, Cynthia Senek, Laila Garin, Fernando Rubro e Bianca Comparato, que havia recebido críticas por sua atuação morna nos outros anos, mas que deu um show de talento e passou toda a emoção que a temporada exigia.

Zezé Motta e Ney Matogrosso continuaram com as suas participações durante os episódios da quarta temporada, e foram essenciais para a conclusão da história.

Outro ponto de destaque é a trilha sonora que, com músicas 100% brasileiras,  tornou a experiência ainda mais especial. Na maior parte do tempo instrumental, algumas músicas ganharam vida nas vozes de nomes como Liniker, Elza Soares e Johnny Hooker.

3%- Quarta temporada | Netflix
3%- 4ª Temporada | Netflix

Desenvolvida por Pedro Aguilera, “3%” foi a primeira produção brasileira da Netflix, dando início ao grande catálogo de filmes, séries e documentários nacionais no streaming.

Advertisement

“O mundo era dividido em dois lados, não é mais.”

Com tantos acontecimentos para assimilar em tão pouco tempo, é inevitável que não sentir o “gostinho de quero mais”, mesmo sabendo que é o fim. A quarta temporada chegou para fechar com chave de ouro, essa série pode ser um ótimo começo para deixarmos de lado a síndrome de “vira-lata” e começarmos a valorizar a produção nacional.

A quarta temporada de “3%” já está disponível na Netflix.

Nota:5/5

Assista ao trailer:

Advertisement

About author
21, Jornalista e amante do cinema.
Articles
    Relacionados:
    NotíciasSéries

    Governo do Reino Unido solicita que Netflix use mensagem de obra ficcional em The Crown, saiba mais!

    1 Mins read
    O governo do Reino Unido fez um apontamento durante uma entrevista, por meio da Secretária de Cultura, para que a Netflix adicione uma mensagem de que a obra é ficcional nos episódios da série The Crown.
    CríticasSéries

    Crítica | Nanatsu no Taizai – Os pecados e as virtudes de uma 3ª Temporada polêmica

    4 Mins read
    Conhecido por mesclar fantasia medieval com elementos religiosos, Nanatsu no Taizai chega a sua 3ª temporada com a promessa de entregar confrontos épicos e respostas para as perguntas que assombram a mente dos fãs.
    NotíciasSéries

    Em divertido comercial, Steve Carell vira o Papai Noel; Assista!

    1 Mins read
    Por conta de um divertido comercial gringo, o astro Steve Carell, nosso querido Michael Scott, deu vida ao Papai Noel! O vídeo…