NotíciasCinema

Comic-Con @Home | Sequência de Constantine já é debatida há um bom tempo

Neste sábado de Comic-Con @Home, um dos painéis mais divertidos foi uma reunião em torno de “Constantine” (2005), elogiada e polêmica adaptação dos quadrinhos, revelando algumas curiosidades e questões sobre o legado do longa, 15 anos após seu lançamento nas telonas.

O painel contou com o astro Keanu Reeves, o diretor do longa Francis Lawrence, e o produtor Akiva Goldsman, entrevistados por Steven Weintraub, editor-chefe do Collider. Confira tudo o que rolou logo abaixo:

Sobre o papel, Keanu se mostrou muito animado e nostálgico. “Eu não conhecia o personagem e amei o roteiro. Nunca tinha lido Hellblazer ou nada que o Alan Moore escreveu com o Monstro do Pântano.” disse Reeves. Ao reconhecer que o personagem era diferente dele (inglês e loiro, para começar), Keannu se uniu às bases dele, tentando moldar sua complexa personalidade.

Eu amo o filme e o personagem” finalizou Reeves. Na época, ele se mostrou muito empolgado com os rumos que o diretor queria seguir com a adaptação. A equipe e o clima no set foram descritos como incríveis e cheios de amor pelo que estavam fazendo. Reeves agradeceu diversos membros da produção, relembrando o quanto foi bom gravar esse filme, com momentos, diálogos e artistas incríveis.

Constantine
Cena de “Constantine“. “Warner Bros Pictures“.

O diretor também compartilhava desses sentimentos, se colocando como muito mais preocupado com a história e personagens do filme do que com seu estilo visual, mesmo adorando muitas das cenas. Ele passou um bom tempo convencendo o estúdio de que sua ideia era uma boa adaptação e estava muito nervoso ao se encontrar com Reeves pela primeira vez.

Advertisement

Além disso, Lawrence revelou que o estúdio não estava tão empolgado com o filme, só ficando realmente intrigado a partir da primeira exibição de alguns minutos. Os executivos, no início, pareciam não ter muitas esperanças de que o filme seria o sucesso de hoje em dia, com muitos artigos e reações positivas sobre ele sendo escritas até hoje.

As suas inspirações, segundo o mesmo, foram muito mais filmes noir, como “O Terceiro Homem” e “O Falcão Maltês“, do que as outras adaptações de quadrinhos que haviam sido feitas até então, como “X-Men” e o Homem-Aranha de Sam Raimi.

Constantine
Warner Bros Pictures“.

Ao redor das questões em relação à uma sequencia, os três afirmam que diversas ideias foram levantadas, desde a época do lançamento, indo de Jesus Cristo até um filme mais sombrio e voltado ao público adulto. “Nós falamos mais sobre uma sequência entre nós, do que com o estúdio. Acho que nós amamos ele mais do que o estúdio em si.” disse o diretor.

Goldsman definiu o filme como uma união de várias coisas incríveis, que apenas o fazem mais forte e bizarro, com diversos momentos de tirar o fôlego do espectador.

Veja também: Sharkboy e Lavagirl vão retornar com novo filme na Netflix

Advertisement

About author
Estudante, fã de faroestes e musicais, aficionado por "Família Soprano" e 007, entre outras coisas boas da vida.
Articles
    Relacionados:
    NotíciasSéries

    Em divertido comercial, Steve Carell vira o Papai Noel; Assista!

    1 Mins read
    Por conta de um divertido comercial gringo, o astro Steve Carell, nosso querido Michael Scott, deu vida ao Papai Noel! O vídeo…
    NotíciasCinema

    Kristen Stewart dá detalhes sobre filme em que interpretará a Princesa Diana

    1 Mins read
    A atriz Kristen Stewart foi entrevistada no programa “Jimmy Kimmel Live” e falou um pouco sobre a experiência de interpretar a princesa…
    NotíciasCinema

    Rede Telecine disponibiliza filmes de Godard em homenagem aos 90 anos do cineasta!

    2 Mins read
    O streaming da rede Telecine disponibilizou nove filmes do diretor francês Jean-Luc Godard em homenagem ao seu aniversário de 90 anos, que será no próximo dia 3 de dezembro.