Curiosidades

CCXP Worlds | Pôster oficial do evento homenageia os 50 anos da revista da Mônica

Acaba de ser anunciado um dos itens colecionáveis mais aguardados pelos fãs da CCXP. Em uma celebração aos 50 anos do primeiro número da revista Mônica, lançada em 1970, pela Editora Abril, o pôster oficial da CCXP Worlds é o resultado de um trabalho colaborativo de 20 artistas, expoentes dos quadrinhos brasileiros e que fazem parte da coleção Graphic MSP – projeto que traz reinterpretações dos personagens clássicos de Mauricio de Sousa. Confira:

CCXP Worlds | Pôster oficial do evento homenageia os 50 anos da revista da Mônica

Seguindo a tradição da primeira CCXP, realizada em 2014, quando o pôster oficial foi criado a partir de um trabalho em conjunto de diversos artistas, a primeira edição virtual do festival também reuniu um time de peso. A arte deste ano traz os personagens de Mauricio de Sousa que já foram retratados no selo Graphic MSP lendo a Mônica # 1 – curiosidade: somente nesta primeira edição a revista trouxe o subtítulo “e Sua Turma”.

O esboço inicial do trabalho colaborativo foi criado por Danilo Beyruth e a montagem final ficou por conta de Vitor Cafaggi, que deu unidade a esse mosaico de traços e de estilos. Para conferir todo o processo de criação e mais entrevistas de Sidney Gusman, editor das Graphics MSP, e de Mauricio de Sousa basta entrar no link: https://www.instagram.com/p/CHQfwfcHc7J/

Lista completa de personagens e dos artistas que trabalharam no pôster:

Astronauta por Danilo Beyruth

Bidu por Eduardo Damasceno

Advertisement

Capitão Feio por Marcelo Costa

Cascão por Camilo Solano

Cebolinha por Gustavo Borges

Chico Bento por Orlandeli

Floquinho por Lu Cafaggi

Advertisement

Horácio por Fábio Coala

Jeremias por Jefferson Costa

Jotalhão por Roger Cruz

Louco por Rogério Coelho

Magali por Vitor Cafaggi

Advertisement

Mônica por Bianca Pinheiro

Papa-Capim por Renato Guedes

Penadinho por Cristina Eiko e Paulo Crumbim

Piteco por Eduardo Ferigato

Thuga por Shiko

Advertisement

Tina por Fefê Torquato

Zé Lelé por Gustavo Duarte

Como participar da CCXP Worlds

O cadastro para a CCXP Worlds é gratuito na categoria Free, que dará direito a quase todas as áreas do evento – com exceção do Thunder Arena, que pode ter alguns conteúdos não liberados. Para ter acesso total às principais transmissões do festival, basta adquirir o pacote Digital Experience (R$ 35,00). Nesta modalidade, o fã ainda receberá uma credencial virtual, enviada por e-mail, além de outras funcionalidades e interações, acesso a workshops e masterclasses e pré-venda da CCXP21.  

Para quem gosta de viver a experiencia completa, o plano o Home Experience (R$ 35,00 + R$ 21,00 de frete) tem como diferencial o envio de um kit físico contendo a credencial da edição, junto com um cordão, tag de porta, pin e stickers. Já o Epic Experience (R$ 450,00 + R$ 21,00 de frete) é feito para deixar o mundo dos fãs ainda mais especial. Ele será composto por um kit com credencial física, produtos dos estúdios e oficiais da CCXP – incluindo dois cordões, tag de porta, pin, stickers, balde de pipoca, camiseta, copo, moletom, boné e pôster. Também haverá desconto no ingresso da CCXP21 e venda exclusiva de colecionáveis Iron Studios.  

Credenciais disponíveis em https://www.ccxp.com.br

Advertisement

About author
Editor-chefe do site. Cinéfilo apaixonado por todos os gêneros. 24 anos.
Articles
Relacionados:
Curiosidades

Kevin Feige afirma que a Marvel não tem planos para produzir filmes +18 além de Deadpool 3

1 Mins read
O grande idealizador do Universo Cinematográfico da Marvel e presidente da Marvel Studios, Kevin Feige indicou algo que talvez não deixará os…
Curiosidades

Spider-Man: No Way Home | Título do terceiro filme do Homem-Aranha é anunciado

1 Mins read
Os rumores acerca do terceiro filme da franquia do Homem-Aranha no MCU aumentaram exponencialmente nessa semana. Muitos especulavam que a Sony iria…
Curiosidades

5 produções brasileiras não tão badaladas para você conhecer na Netflix!

2 Mins read
As produções brasileiras tem se destacado na Netflix e cada vez mais ganhado espaço na plataforma de streamings nos últimos tempos. Depois de 3% estrear com sucesso no Brasil e em diversos outros países, a plataforma aumentou consideravelmente seus investimentos no mercado cinematográfico brasileiro.