CríticasCinema

Crítica | Rua do Medo: 1666 — Parte 3 mergulha na mitologia, montando um sombrio quebra-cabeça

4 Mins read
Valorizando o projeto literário do escritor R. L. Stine, a Netflix conclui sua nova empreitada, colocando todos os pingos nos “is” (ou quase!). “Rua do Medo: 1666 – Parte 3” replica o mesmo comportamento do original, com trejeitos de série. Assim como o filme progenitor, a conclusão faz dessa característica sua força, revelando que o melhor foi guardado para o final, nesse caso “finais”, no plural, pois estamos diante de uma “dobradinha” — um filme “dois em um”.
Ler mais
CríticasCinema

Crítica | O Esquadrão Suicida - Tiro, porrada, bomba, ratos e bolinhas

5 Mins read
Mesmo tendo sido um fiasco nas avaliações da crítica especializada, o Esquadrão Suicida de David Ayer surpreendeu ao arrecadar uma grande quantia em arrecadação mundial, fazendo a Warner perceber que a produção tinha potencial mas foi executado da maneira errada. Com isso, o longa acabou ganhando uma sequência que também serve como reboot, sob o comando de ninguém menos que James Gunn, o mesmo diretor de Guardiões da Galáxia Vol. 1 e Vol. 2.
Ler mais
CríticasSéries

Crítica | Loki

4 Mins read
Terceira produção da Marvel Studios para o streaming do Disney+, “Loki” dá novos ares à Fase 4 do MCU e apresenta, de forma oportuna, personagens e conceitos importantes para o futuro da franquia. Dirigida por Kate Herron (“Sex Education”), a série é um relato cativante e ousado sobre o Deus da Trapaça e assume uma identidade própria que torna o show um sucesso absoluto.
Ler mais
CríticasCinema

Crítica | Um Lugar Silencioso - Parte II

3 Mins read
Um Lugar Silencioso: Parte II promete responder algumas perguntas deixadas em aberto no primeiro filme, além de acabar com a curiosidade do público sobre o início do apocalipse; mas será que a sequência faz jus ao primeiro filme?
Ler mais
CinemaCríticas

Crítica | Rua do Medo: 1978 - Parte 2 resgata atmosfera de Sexta-feira 13

4 Mins read
Semeando outra perspectiva para o tratamento de trilogias, a Netflix abre as portas para a continuação da sua nova franquia de terror. Em “Rua do Medo: 1978 – Parte 2” nada é aleatório, inclusive a data presente no título. Nota-se o cuidado, o planejamento em construir, através do calendário, coerência temporal e homenagem aos clássicos.
Ler mais