fbpx
NotíciasCinema

Após lançamento do Snyder Cut, chance da Warner restaurar o universo de Snyder cresce com petições

O Snyder Cut foi lançado há uma semana hoje e caiu como um grande sucesso com o fandom da DCEU, como todos esperavam. O problema é que a Warner Bros. parece posicioná-lo como o capítulo final do SnyderVerse, ao passo que o próprio filme deixa claro que o diretor tinha planos muito maiores além deste filme.

Se você pensou que o lançamento de Snyder Cut seria o fim do movimento pró-Snyder nas mídias sociais, você se enganou, pois os fãs de DC lançaram uma nova campanha de hashtag que estão usando para chamar a atenção dos executivos do estúdio .

Nesta quinta-feira, #RestoreTheSnyderVerse tem sido tendência no Twitter, pois os usuários exigem que Zack complete sua visão para uma trilogia da Liga da Justiça, e você pode verificar algumas das reações abaixo:

Fonte: We Got This Covered

Confira também: Coyote dos Looney Tunes é cancelado por perseguição e violência contra Papa-Léguas

About author
Amante do cinema em geral, grande fã de James Bond, e estudante.
Articles
Relacionados:
NotíciasCinema

Minions 2 | Conheça o movimento ''Gentleminions''

1 Mins read
Minions 2: A Origem de Gru estreou nos cinemas na última semana e já figurou como o líder de bilheteria em todo o mundo, porém um movimento envolvendo o filme começou a ganhar notoriedade na internet desde o seu lançamento, os Gentleminions. O movimento Gentleminions consiste em fãs da franquia Meu Malvado Favorito irem assistir ao novo filme fantasiados como Gru (o protagonista da franquia) e agirem como o personagem dentro da sala de cinema.
NotíciasSéries

Stranger Things | Série se torna a mais vista em uma semana da história do streaming

1 Mins read
Stranger Things somou 7,2 bilhões de minutos. De acordo com a Variety, a série Stranger Things da Netflix bateu o recorde de…
NotíciasCinema

Ezra Miller | Ator é acusado de assédio na Alemanha

1 Mins read
De acordo com a Variety, Ezra Miller está sendo acusado de assédio na Alemanha e agressão na Islândia. O primeiro caso teria acontecido em 2020 e, em depoimento à revista, a vítima da agressão contou como tudo aconteceu, confira: