fbpx
NotíciasCinema

Após polêmicas, Christopher Nolan deve encerrar parceria com a Warner

A Warner poderá perder a parceria com Christopher Nolan, um dos seus realizadores mais importantes dos últimos anos.

A cconexão entre o estúdio e o diretor tem quase 20 anos e é uma das mais duradouras em Hollywood, envolvendo “Insomnia” (2002), a trilogia “O Cavaleiro das Trevas” (2005-2012), “O Terceiro Passo” (2006), “Inception – A Origem” (2010), “Interstellar” (2014), “Dunkirk” (2017) e “Tenet” (2020).

Mas isto pode mudar após a Warner anunciar que iria lançar todos os seus filmes de 2021 no mesmo dia nos cinemas e na plataforma de streaming HBO Max.

De acordo com relatório publicado pelo Wall Street Journal: “Após anos como um diretor de elite da Warner Bros., Christopher Nolan, que escreveu e dirigiu ‘TENET’, não deve retornar ao estúdio com seu próximo projeto, em parte porque ele ficou desapontado com a distribuição híbrida do estúdio em 2021 envolvendo HBO Max.”

Fonte: Legião dos heróis

Advertisement

Confira também:Marvel aceita pagar salário milionário de Tobey Maguire para Homem-Aranha 3

About author
Amante do cinema em geral, grande fã de James Bond, e estudante.
Articles
    Relacionados:
    NotíciasSéries

    James Michael Tyler, o Gunther de Friends, revela diagnóstico de câncer em estágio avançado

    2 Mins read
    O ator James Michael Taylor, conhecido mundialmente por interpretar o bartender Gunther, na série de comédia Friends, revelou em entrevista a Craig Melvin, do programa Today, que foi diagnosticado com um câncer de próstata, que neste momento, se encontra em estado avançado.
    NotíciasCinema

    A Branca de Neve | Rachel Zegler será protagonista no novo live-action da Disney

    1 Mins read
    Cada vez mais novos remakes em live-action da Disney estão sendo anunciados e produzidos, e depois do sucesso de Cruella, não há…
    NotíciasCinema

    O Esquadrão Suicida | Pancadaria, sangue e muito mais no novo trailer, confira

    1 Mins read
    A nova jornada do DCUE — O Esquadrão Suicida — de James Gunn, promete levar para as telas toda a insanidade e bizarrice que existe nas HQs.