fbpx
NotíciasCinema

A Última Floresta: filme brasileiro recebe prêmio em Berlim

Único longa brasileiro na competição, A Última Floresta disputou com mais 15 obras os votos do público

O prêmio, entregue no dia 20 de junho, foi o resultado da escolha de mais de 5.500 votos do público da 71ª edição da Berlinale. O evento ocorreu, primeiramente, de maneira online, culminando no evento de maneira presencial em junho.

O documentário, dirigido por Luiz Bolognesi, se baseou na mitologia Yanomani com o intuito de denunciar a ação ilegal do desmatamento e a da floresta amazônica, assim como a denúncia contra garimpos ilegais.

A Última Floresta
A Última Floresta – Pedro J. Márquez 📷

Nesta mistura de documentário e ficção, em que os indígenas foram os atores da obra, Luiz Bolognesi contou com o apoio do xamã e ativista Davi Kopenawa Yanomami, o qual coassinou o roteiro de A Última Floresta.

“Há aldeias e povos que ainda possuem um xamã muito forte, que luta e resiste para manter o centro deles de política, saúde e saber. Quis então fazer um filme que retratasse também este outro lado, a vitória da resistência”, explicou Bolognesi.

Bolognesi já havia sido premiado, no mesmo evento, em 2018, com o filme “Ex-Pajé”. A previsão é de que A Última Floresta entre em cartaz, no Brasil, no próximo semestre.

Advertisement

Fonte: G1

Leia também: 10 documentários brasileiros para assistir na quarentena.

Relacionados:
NotíciasCinema

Paramount Pictures adia estreia de Clifford por tempo indeterminado

1 Mins read
A decisão se deu por conta da nova onda de COVID-19 que atinge o planeta. Segundo informações do Deadline, a estreia do…
CríticasCinema

Crítica | Tempo - Mais uma obra inovadora de Shyamalan

3 Mins read
M. Night Shyamalan está de volta às telonas com mais um filme bizarro e inovador, fruto de algo que poderia sair apenas de sua mente. Tempo nos brinda com uma ótima direção e sinceridade do diretor em se manter fiel ao seu histórico.
NotíciasCinema

Cruella | Depois de Scarlett Johansson, Emma Stone pode processar a Disney pelo mesmo motivo

1 Mins read
“Cruella” teve a mesma estratégia de lançamento que “Viúva Negra”: cinemas e streaming.